Das startups ao clipe de cinema: a magia do backstage que transforma negócios.

A Improve tem uma parceria de longa data com o multi empreendedor Pedro Salles Leite. E nesses últimos dois anos, participamos em alguns projetos conjuntos, desenvolvendo uma inovadora plataforma de pagamentos, inteligência de dados e experiência de consumo para eventos/casas de entretenimento (Ace of Clubs); criando um serviço mobile e transformando o modelo de negócios de uma renomada rede de estúdios de dança nos Estados Unidos (Body By Simone); e, também, embarcando em uma jornada completamente inusitada ao receber o seguinte convite do Pedro:

“A PSL Filmes está indo para o Rio de Janeiro gravar um novo clipe com a L’Oréal e o Nego do Borel, para uma artista que está começando a explodir na música brasileira. Ah, vocês vão comigo!”
Making of da gravação do clipe Gabi Martins ft. Nego do Borel — Turbulência

“Ah, vocês vão comigo”… quando você recebe o convite para gravar um videoclipe, vindo de um estrategista de negócios, gênio da programação, que também por acaso (só por acaso) é diretor de cinema, você nem pergunta o por quê. Mesmo você sendo uma empresa que trabalha com desenvolvimento de serviços e gestão, que tem 0% de luz, câmera e ação envolvidos.

Porém, Pedro é um visionário de apenas 19 anos que, entre a construção de novas tecnologias, startups, robôs cozinheiros e filmes, sabe muito bem enxergar a estratégia de negócios que conecta tudo isso às marcas e às pessoas. E foi a partir daí que a conexão da Improve com o projeto do videoclipe se estabeleceu.

Pedro tinha uma visão arrojada de produzir e executar a gravação do videoclipe Turbulência, da Gabi Martins com Nego do Borel, com a excelência de uma produção de cinema de primeira linha, com o orçamento e a agilidade de processos enxutos de uma startup.

Um grande desafio, visto que um set de gravação não passa nem perto de ser simples. Por mais que se tenha uma ótima organização por trás, alguns poucos dias de filmagem conseguem reproduzir, ao mesmo tempo, muitos dilemas de gestão que uma empresa sólida experimenta só ao longo de meses ou anos. Estamos falando de resolução emergencial de problemas, gestão de crise, sintonia entre equipes distintas, falhas em processos, descentralização da comunicação, alta exigência física e mental… e por aí vai.

Tatiana Coelho (Improve), Pedro Salles Leite e, com a câmera, o diretor de fotografia, Eduardo Lopes.

Se pararmos para pensar, é um caos que se assemelha bastante com o ambiente das startups. A grande diferença entre os dois é disponibilidade: um resultado “de cinema” no videoclipe só é viável com o apoio de uma equipe de produção robusta e orçamentos generosos. Pedro queria mudar isso.

Então, fomos convidados para o projeto, pois a Improve possui experiência de transformar operações altamente complexas, por meio de soluções ágeis e enxutas, entregando benefícios somente obtidos pelo mindset das startups. Conseguimos aplicar a mesma abordagem que desempenhamos em nossas startups e ventures a ambientes complexos, avessos ao risco, em diversos segmentos. Por que não em um videoclipe?

Selecionamos então alguns dias onde nos reunimos, PSL Filmes (Pedro) e Improve, e redesenhamos toda a estratégia de set, dinâmica de filmagem, logística de cenas, processos entre fornecedores e outros stakeholders.

O plano e o objetivo foram traçados: gravar em standards de cinema, com complexidade de 8 dias normais de set… em apenas 2 dias e 1/3 do investimento.

Challenge accepted!

O cronograma foi montado, as equipes distribuídas, o workflow posto nos mínimos detalhes. Da coreografia da FitDance até o lençol novamente esticado na cama, a cada take, os processos estavam previstos, endereçados e com riscos calculados.

A sequência de gravação foi revista, prevendo a logística entre as 3 principais locações e o tempo instável (Choveu e o bicho pegou!). Cada membro da Improve foi posicionado em um ponto estratégico do núcleo de direção, assim nos dias de gravação nenhum problema poderia interromper o fluxo de dedicação à câmera, que Pedro tinha que desempenhar.

Dedicação à marca

Não podemos esquecer que a L’Oréal foi nossa cliente, no meio desse furacão todo. Como uma das investidoras do videoclipe, a experiência oferecida pela produção final e durante a gravação no set estava sendo desenhada para atender suas altas expectativas.

O processo de participação da marca envolvia não apenas uma inserção de produto durante o vídeo, mas também estratégia de divulgação, digital influencers, cuidados de imagem, cenografia… sem contar que em boa parte de nosso tempo de gravação, a estrela do clipe, Gabi Martins, estava indisponível fazendo a transformação em seus cabelos! A cereja do bolo para a L’Óreal, que não dava margem para erros. E uma vez que Gabi havia mudado a cor dos cabelos, seria impossível regravar cenas anteriores ao processo.

Gabi Martins, após a transformação de seu visual, utilizando o produto Cor & Ton.

Se pretende desempenhar como uma startup, então mergulhe de cabeça como uma!

O papo de startup é lindo e está na moda. Mas se você realmente faz parte desse mundo, sabe que o jogo acontece, mesmo, é no terrão! É jogar descalço no asfalto quente, arrancar a tampa do dedão…

Significa que… em um projeto desses, você deve desempenhar onde for necessário. Uma estrutura enxuta requer envolvimento e flexibilidade da equipe, seja em qual função for necessária. Enquanto na sexta-feira nos sentávamos à mesa de um escritório no Itaim para traçar uma estratégia de gravação, na terça-feira de set estávamos:

a) Carregando, em 2, um sofá de 50 anos, pesando uns 140kg
b) Rodando o RJ de carro, às 4 da manhã, procurando equipamento
c) Fazendo “networking” com o casal simpático, morador da casa faraônica de locação, para acalmar a preocupação deles com 30 pessoas virando o lugar de ponta-cabeça
d) Entrando em uma banheira gelada, para montar a cena e deixá-la perfeita
e) Todas as opções acima

Igor Souza (Improve), coordenando o staff de cena.

Resultado: 30h de gravação, algumas pessoas exaustas, equipes extremamente satisfeitas, um projeto impecável. Pelas próprias palavras do homem:

“ Vocês não imaginam o orgulho que tive, ao ouvir de profissionais da indústria, que nunca tinham visto um set de filmagem como aquele” (Pedro Salles Leite)

Ao final, Pedro e a PSL Filmes tinham acabado de conseguir algo grandioso: uma nova abordagem de negócios enxuta para o mercado de entretenimento, que atualmente exige agilidade e flexibilidade de recursos IMENSAS, com raros diferenciais artísticos. Além disso, superou os requisitos do player anunciante e entregou aos cantores uma qualidade artística muito superior aos padrões do mercado.

No momento, o vídeo figura no Top 3 Trending Videos do Youtube Brasil. Prova de um trabalho realizado com muito carinho por todos.

De nossa parte, fica a mensagem: Com um maestro inspirador como o Pedro, que se dedica e mergulha em seus objetivos, com a abordagem certa de desenvolvimento de projetos e serviços, é possível planejar algo além. Seja uma disrupção no mercado, seja uma tecnologia do futuro. Seja o que, no começo, você possa achar que é um simples videoclipe.

Gabi Martins — Turbulência ft. Nego do Borel
Sobreviventes do segundo dia de gravação

Uma produção de PSL Filmes www.pslfilmes.com.br
Direção: Pedro Salles Leite
Direção de arte: Fernando Bazzon
Direção de fotografia: Eduardo Lopes
Estrategistas de set: Igor Souza e Tatiana Coelho
Coordenação de produção: Mônica Frattari
Produção executiva: Pedro Salles Leite
Produção: Carlos “Cahe” Henrique
Assistentes de direção: Fernando Bazzon, Igor Souza e Tatiana Coelho
Montagem: Pedro Salles Leite
Cor e finalização: Cassiano Zoboli e Eduardo “Kito” de Andrea
Chefe de elétrica: Anderson “Dande” dos Santos
Chefe de maquinária: Amilce “Totó” Moraes
1º Assistente de câmera: Christian Cruz
2º Assistente de câmera: Ítalo Yuri G Santana
Digital Imaging Technician: Victor Pollini
Assistentes de elétrica: Alessandro dos Santos, Sérgio Martins e Marcus Vinicius
Assistentes de maquinária: Cremildo Santos, Rafael Feliciano e Claudio Danillo
Vídeo assist: Rafael Pereira
Loggers: Luiz Fabiano e Francisco Fischer
Hairstylists: Rogerio Santana e Gustavo Cirino
Maquiadora: Raquel Garcia
Making-of: Antonio Henrique e Leo Ribeiro
Apoio: Agência Única, Fit Dance e Marc Filmes