Quais as consequências de uma gravidez na adolescência?

www.pexels.com

Os cuidados especiais com uma adolescente grávida, quais seriam?

A gravidez na adolescência é considerada um problema de saúde em todo o mundo, inclusive no Brasil, onde se observa um aumento considerável nas últimas três décadas em jovens de todas as classes sociais.

A adolescência nada mais é do que a fase de transição entre criança e adulto, e faz parte da evolução normal do ser humano, e é um tanto quantoturbulenta.

Uma característica desta fase, na maioria dos casos, é a agressividade e relutância. Alguns extrapolam em termos de rebeldia, insatisfação, contra atacam até um singelo inseto voador que resolva passar muito perto do seu nariz, mas a explicação sensata se resume em apenas uma palavra: INSEGURANÇA.

Escondem-se e apresentam alteração comportamental diante da enxurrada de mudanças que acontecem o tempo todo de maneira inesperada e involuntária, sem poder fazer nada nem voltar atrás.

To be or not to be, that is the question (Ser ou não ser, eis a questão)

Abominam julgamentos, o que acaba por deixá-los mais sós, inseguros, trancafiados com suas dores, queixas, insatisfações e penúria muitas vezes, não se achando merecedores de nada. Ah! e também seus celulares claro…

A adolescente gestante com esse histórico, ou algo similar pois não foge a isso, acaba por iniciar seu acompanhamento pré-natal geralmente no segundo trimestre. Primeiro assume para si mesma, depois para os amigos e depois para sua família sua nova condição.

O profissional bem esclarecido deve seguir alguns critérios e orientá-la ( e o seu companheiro também… tomara que ele exista e esteja presente!) a respeito dos cuidados para uma gestação saudável enfatizando hábitos alimentares e atividades físicas adequadas, além de cuidados odontológicos. A aborrescência, desculpe, adolescência possui características “arbitrárias”, ou seja, a pessoa faz o que quer, come o que quer, agravando mais uma situação tida como própria da fase, tal qual a preguiça no sofá e “junk food”…comida rica em calorias e de baixa qualidade nutritiva também conhecida comoporcaria, besteira.

Outras orientações importantes que devem ser abordadas pelo profissional :

  • mudanças do corpo
  • sinais de trabalho de parto
  • tipos de parto
  • cuidados com o bebê
  • amamentação

Saindo dessa esfera, é importante dar ênfase e conscientizar a adolescente sobre abandono escolar e do mercado de trabalho, e também esclarecer sobre anticoncepção tanto no momento do pré-natal quanto retomar o assunto no puerpério.

O abandono escolar e do mercado de trabalho acaba por recorrer no ciclo de pobreza.

Significa filhos terem uma condição de vida igual ou pior que seus pais

A anticoncepção protege a adolescente de uma nova gestação não programada.

O cuidado profissional especial deve ser no sentido do acolhimento, uso de linguagem adequada e não infantilizada, capacidade técnica para driblar os desafios das características desafiadoras da fase e suas repercussões nas relações com a família e com os outros.

A última coisa que uma adolescente gestante quer é ser julgada, então habilidade profissional nessa fase é ouro.

O que se constata diante de uma gestação precoce tanto para a mãe quanto para o bebê, é a falta de cuidados e preparo emocional, isso é maior do que a imaturidade do corpo.

Conhecer os adolescentes, suas características e motivações, faz com que fortaleçamos nossos vínculos com eles como profissionais que os assistem.

Assim conquistamos sua confiança e podemos ajudá-las em todos os momentos: nas conquistas onde se sentirão capazes e felizes, e naqueles momentos de dificuldades, que obviamente virão.


Confira aqui nosso último post: “Problemas nos dentes da gestante por causa da gravidez”