Califórnia é o primeiro Estado norte-americano a banir o uso de sacolas plásticas

A Califórnia acaba de se tornar o primeiro Estado norte-americano a banir oficialmente o uso de sacolas plásticas. A decisão foi tomada após consulta popular realizada na semana passada, que obteve 51.97% dos votos favoráveis à mudança e 48.03% contrários.

Foto: Chico Castro

A intenção de eliminar as sacolas plásticas vem se fortalecendo no Estado desde 2014, quando a prefeitura de San Francisco adotou a medida e foi gradativamente seguida por mais da metade das cidades californianas nos últimos anos.

A lei que bane as sacolas plásticas chegou a ser redigida ainda naquele ano, mas não entrou em vigor graças a uma insistente campanha conduzida pela American Progressive Bag Alliance, aliança formada pelos fabricantes de sacolas. Entre outros argumentos, alegava-se que a medida acabaria com milhares de postos de trabalho e aumentaria os gastos dos consumidores.

“Os eleitores californianos finalmente se posicionaram contra a propaganda multimilionária e enganosa financiada por fabricantes de sacolas plásticas de outros Estados”, comemorou Mark Murray. O engajamento contra as sacolas plásticas foi liderado por grupos de ambientalistas e associações de comerciantes, entre outros ativistas.

Sacolas de papel devem substituir as plásticas nos supermercados e lojas. E não serão gratuitas: a previsão é que custem dez centavos de dólar.