Comerciantes europeus adotam venda sem embalagens

No bairro de Kreuzberg, em Berlim, quem entra para fazer compras no descolado mercado Original Unverpackt já sabe que não vai achar nada embalado. Isso mesmo: nada. Vinagre e azeite podem ser levados em vidros trazidos de casa e todos os produtos estão todos expostos sem camadas de plásticos ou bandejinhas de isopor.

Foto: Reprodução

Também não há nenhuma lixeira por perto e nada pode ser descartado no local. Alinhada à onda de comprometimento com o desperdício zero que vem ganhando adeptos entre os comerciantes da Europa, a meta adotada por estabelecimentos como esse é remover das prateleiras tudo o que for desnecessário (no caso, as embalagens) e vender promovendo o consumo consciente.

Cada vez mais raras hoje, as ofertas de produtos livres de embalagens, ou a granel, já foram o modelo padrão de comércio de alimentos em quase todos os países por algumas décadas. Neste tempo nem tão distante, mercearias eram os principais pontos de abastecimento dos bairros e os grandes supermercados ainda não haviam aparecido.

Hoje, além de contribuir de maneira direta para uma menor geração de resíduos, o comércio à moda antiga permite que o consumidor consiga repensar o que de fato precisa e decidir a quantidade que quer levar, em vez de tornar a escolha ainda mais difícil com a disposição de vários produtos que se diferenciam principalmente por suas embalagens.

Em Viena, por exemplo, o mercado Lunzers chega a oferecem apenas uma opção para certos produtos. “Aqui só há um tipo de arroz”, explica a proprietária Andrea Lunzer. “Não temos vários produtos disputando entre si. Escolhemos para você”, explica.

Foto: Reprodução

Para recriar o clima de compras vivenciado pelas gerações passadas, os comerciantes europeus têm apostado em projetos arquitetônicos de estilo retrô e em uma relação pessoal estabelecida entre clientes e vendedores.

Além disso, há iniciativas como a de Jean Bouteille, dono de uma rede de lojas de alimentos orgânicos presente na França e na Bélgica, que recolhe e higieniza garrafas reutilizáveis de produtos como vinagre ou detergentes para que possam ser usadas mais de uma vez por seus clientes.