Qual o Segredo Além do Jardim?

Over the Garden Wall, ou O Segredo Além do Jardim, o seu título no Brasil, é uma minissérie de apenas 10 episódios por volta de 11 minutos cada, de desenho animado estadunidense, criada por Patrick McHale para a Cartoon Network. A série lançada em meados de 2015 aqui no Brasil conseguiu inúmeros seguidores no mundo todo. Muito associada com outras séries que flertam com o non-sense como Adventure Time e Gravity Falls, esse gênero que vem acumulando muitos fãs que já não são mais crianças.

O desenho, apesar de ser infantil, tem um tom bastante sombrio. Tanto nas cores como nos cenários e personagens Over the Garden Wall chama a atenção por ser melancólico diferenciando-se assim dos outros desenhos que geralmente focam no humor e em fazer piadas uma atrás da outra, ou em muita ação e diversas lutas. O Segredo Além do Jardim não tem nenhum desses dois elementos, apesar de ter algumas piadas muito bem colocadas e um pouco de ação em momentos devidos isso não é o que recheia o show.

A história segue a jornada dos dois irmãos, Wirt e Greg. Wirt, o irmão mais velho, mal-humorado e centrado em sair daquele lugar chamado de o Desconhecido. Já Greg, ainda uma criança com o seu sapo que muda de nome diversas vezes durante a história por que ele não consegue achar o nome perfeito de sapo, é divertido e sonhador, não se preocupa muito com toda aquela situação para lá de estranha em que eles se encontram.

Greg rouba o coração de todos, com a sua fantasia de elefante e o seu sapo de tantos nomes. Mesmo nas situações mais bizarras, como uma vila feita de pessoas que se vestem com abóboras fazendo um culto que lembra o Halloween, ou quando um homem informa que tem um fantasma na casa, ele sempre encara tudo com muita despreocupação e leveza. E o mais tocante é o seu amor pelo irmão, onde ele salva Wirt colocando em risco sua própria vida.

Já Wirt é mal-humorado e determinado, ele é quem está com o pé no chão mesmo em meio a toda essa loucura. Ele diversas vezes culpa Greg por ter deixado eles naquela situação, mas sempre o irmão quebra o clima com alguma afirmação descontraída. No fundo, Wirt é um menino sensível que sofre de um amor não correspondido, ou que acha que não é correspondido. Um comportamento típico de adolescente.

Com os irmãos que se completam chega Beatrice, um pássaro azul, que é o grilo falante da história. Outro grande ponto, é que a história lembra muito um conto de fadas, com um grilo falante, uma bruxa da floresta, floresta essa que é perigosa e assustadora, crianças perdidas nessa floresta, animais falantes, fadas madrinhas, etc.

A trama não agrada apenas aos mais novos justamente pela sua construção que traz diversos plot-twists e significados mais profundos de cada personagem, como o amor de família, mostrando que apesar do dinheiro você pode ter uma vida vazia, não julgar as pessoas pela aparência, entre outras lições de moral que também são bem presentes nos contos de fadas.

Temas muito profundos como vida e morte são abordados na história, os sacrifícios feitos pelos personagens causam uma grande empatia. Perigos reais e consequências sérias são apresentadas aos irmãos que tem que enfrentar isso para chegar em casa. Além dos antagonistas com motivações tenebrosas fazendo de tudo para eles ficarem presos no Desconhecido. Todos esses elementos são um dos pontos que faz com quem assista Over the Garden Wall guarde essa história no coração.

E alguns personagens são bem sombrios desenhados de uma maneira assustadora e introduzidos em um clima misterioso. Como a Fera, Lorna, Tia Sussurros, Adelaide, entre outros. Toda a série em si tem um mistério em volta e é recheada de musicais. Não, o show não é um musical, mas tem vários episódios em que os personagens cantam. As performances musicais são outro ponto alto da minissérie, com músicas marcantes como Adelaide’s Parade, Potatos and Molasses, Langtree’s Lament e The Beast Song.

E como já foi dito anteriormente o desenho não é apenas para crianças, não só pelo tema sombrio e assustador, mas também possui um significado bem mais profundo do que se aparenta, de novo lembrando Hora de Aventura. Tudo começa com os irmãos, quem vivem em tempos atuais, caindo em um lago, após isso eles chegam no Desconhecido.

Tudo isso leva a acreditar que os garotos entraram no Limbo, quem seria um meio termo entre a vida e a morte. Todos os personagens são almas presas no limbo por conta de assuntos inacabados, não podendo encontrar o seu destino final. Isso se sustenta bastante pela introdução da minissérie e o encerramento que são as pessoas presas do Limbo com seus problemas e depois com eles resolvidos justamente pela interferência dos garotos. Também se percebe isso que quando o Wirt desiste de continuar tentando achar o caminho de casa e um anjo, uma espécie de fada madrinha, diz para o Greg que já é tarde demais para ele.

A história é muito tocante, principalmente a relação de Wirt e Greg. Muito difícil não terminá-la com lágrimas nos olhos e um sentimento nostálgico e melancólico no peito, desejando estar ali com os meninos. E isso aumenta mais por que a série é muito curta e provavelmente não terá continuação já que o roteiro é bem fechado e completo. É uma série recheada de aventuras, mistérios, suspense, nostalgia, com uma pitada de conto de fadas. Ótima para pessoas de qualquer idade.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.