Deixa que eu resolvo
Frederico Nercessian
463

Esperei ela dizer que o filho não era dele. Acho que me acostumei com desfechos desgraçados, aqui no Medium, ou o primeiro parágrafo – que fala de uma confissão – é intencionalmente vil.

No mais, ótimo texto, Frederico!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Stefano Dazzi’s story.