Comunicação e Processos Criativos

IMAGINAR, DESCOBRIR, INVENTAR

O saber expressar e comunicar ideias.

A comunicação
Comunicação é a forma como as pessoas se relacionam entre si, dividindo e trocando experiências, ideias, sentimentos, informações, modificando mutuamente a sociedade onde estão inseridas. Sem a comunicação, cada um de nós seria um mundo isolado. Comunicar é tornar comum, podendo ser um ato de mão única, como transmitir, ou de mão dupla, como compartilhar. Comunicação é a representação de uma realidade, servindo para partilhar emoção, sentimento, informação. Quem comunica é a fonte e, do outro lado, está o receptor. O que se comunica é a mensagem, que pode ser vista, ouvida, tocada. As formas de mensagens podem ser: palavras, gestos, olhares, movimentos do corpo. As formas como as ideias são representadas são chamadas de signos, que em conjunto, formam os códigos.

O processo e criatividade
O pensamento criativo só pode surgir se há o desejo de se obter algo novo, e é a aspiração que torna nosso cérebro capaz de trabalhar em busca de uma boa ideia e abrir caminhos para novas descobertas. Toda boa ideia surge em um processo criativo, que se dá através do nosso consciente e inconsciente. Esse processo é o caminho que a nossa mente percorre quando queremos gerar uma ideia ou solucionar um problema.

Criatividade é a capacidade de dar existência a algo novo, único e original, com um determinado objetivo. Pode se dar de duas maneiras, pela invenção ou pela descoberta. A criatividade é a invenção de possibilidades na realidade. É a capacidade de gerar alternativas para chegar a um objetivo, seja ele criar algo novo ou encontrar novas soluções para algo que já existe.

É muito importante aprender a desenvolver o pensamento criativo. Primeiramente é preciso aprender a nos liberar de antigos hábitos e poder questionar, rever e descobrir novas coisas/ideias. Aprender a utilizar o cérebro de forma integral para criar, tanto do lado direito, da imaginação, criação, intuição, sentimento, quanto ao lado esquerdo, da razão, lógica, sistematização e planejamento.

Os três princípios de todo processo criativo:
 1- Atenção: é o momento do foco em determinado problema ou oportunidade. Aqui também ocorre a suavização dessa dificuldade, descomplicando-o. Isso é que faz empresas de tecnologia como a Apple, por exemplo, buscar a melhora constante.
2- Fuga: Pensar em novas alternativas e caminhos para o proposto, derrubando os bloqueios mentais.
3-
Movimento: É explorar essas novas ideias sem perder o propósito, através de analogias e associações.

Etapas:

Como influencia na produção de conteúdo
Através do processo criativo podemos “pensar fora da caixa” como ouvimos falar por aí, analisando as barreiras que enfrentamos como tarefas a serem resolvidas. E isso acaba servindo tanto no quesito pessoal, quanto profissional, seja em qual área for como vimos.
A criatividade, inovação e atualização são fundamentais para o mundo de hoje na produção cultural criativa digital efetiva. Tornando-se essencial para a construção de uma comunicação inovadora eficaz. Criatividade é o verdadeiro diferencial de qualquer negócio.

Criatividade não se aprende, mas se estimula. Treinamentos objetivam a aprendizagem de técnicas criativas e estimulam a capacidade inventiva, descobrindo assim, valores que por vezes estão escondidos e que podem vir á luz. Todas as pessoas são criativas, portanto, todas devem acreditar neste potencial que existe em cada uma e se manifesta pelo sonhar acordado, pela intuição, pela curiosidade e pela capacidade de inovar. A criatividade depende de três fatores: inteligência, emoção e imaginação produtiva. Se quisermos ser criativos, precisamos estimular isso toda vez que se manifesta, aproveitando as boas ideias em nosso trabalho, com paciência e disciplina, ou anotando-as. A estimulação da criatividade é o principal passo para gerar bons resultados.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.