This story is unavailable.

Nadja, acredito que quanto mais entendemos a ideia do amor romântico como uma construção social, mais a gente questiona e se liberta de certas expectativas sobre os relacionamentos. A Regina Navarro Lins não só defende que devemos questionar a ideia de “completar o outro” quanto é importante observarmos como criamos conexões profundas com nossos amigos sem criar ideias de exclusividade, expectativas intensas e talvez as relações amorosas fossem encaradas com mais leveza, sem perder a lealdade e o comprometimento, se encarássemos nossos afetos como tratamos com nossos amigos.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Stephanie Borges’s story.