Progressos da Sociedade Fev2016

ERIKA LUST E O PORNÔ FEMINISTA

Erika Lust é cientista política pela Universidade de Lund. E diretora de pornô independentes. Seus filmes apresentam uma perspectiva feminina e feminista. Ou seja, pornografia para o gosto das mulheres. Sem submissão. Sem objetificação. Sem ejaculação no rosto. “O sexo pode continuar sujo, mas os valores tem que ser limpos”. A obra de Erika é um manifesto que pode revolucionar a indústria pornô.

Se interessou pelo tema? Tem até um eBook para baixar: http://erikalust.com/books/lets-make-a-porno/

Entrevista que ela deu na Marie Claire.

(O Spam, informativo Perestroika, 03/02/2016)

Papa Francisco: não existe mãe solteira. Mãe não é estado civil

Em tempo onde crianças com Zika vírus são abandonadas ou não reconhecidas pelo pai, nunca é demais reforçar que NÃO EXISTE MÃE SOLTEIRA. E se dito pelo Papa isso chega a uma parcela de pessoas que normalmente poderiam não se convencer se tal afirmação viesse de outro canal. (Notícias Paraná, 01/02/2016)

Projeto valoriza a alma encantadora das vielas de São Paulo

O poeta Giovani Baffô já foi uma delas e teve dificuldades para encontrar o lírico e o lúdico dentro de sua comunidade. Como qualquer bairro de periferia, o Jardim Boa Vista pressupõe deslocamentos: se o morador quer ir a um show, tem de atravessar pontes; se quer assistir um filme, deve pegar ônibus; se tem de dizer onde mora, diz que é no Butantã e não em uma das favelas da cidade. Foi domando, conhecendo e trilhando as ruas, sem medo de suas mordidas e belezas, que Giovani teve a ideia de criar o coletivo Vie La En Close, misturando a sagacidade poética de Paulo Leminski com a música de Edith Piaf. É qualidade da rua, fazer todo mundo brincar junto: “A ideia é levar a arte para a comunidade. Tentar colocar o bairro na geografia artística da cidade e fazer isso com qualidade”, explica o poeta. (Portal Aprendiz, 01/02/2016)

Casal planta centenas de orquídeas nas margens de rios de SP para dar mais vida à cidade

É o que realiza o orquidófilo Alessandro Marconi, com seu projeto Mil Orquídeas Marginais. Depois de descobrir, em livros do botânico brasileiro Frederico Carlos Hohne, que a orquídea em questão abundava às margens dos dois principais rios de São Paulo, Marconi convidou sua esposa, a produtora Carolina Sciotti, para essa valiosa missão: espalhar mais de 700 mudas de orquídeas pelas margens do Rio. (Hypeness, 02/2016)

Startup constrói casas populares com plástico encontrado no lixo

O grande “vilão” do meio ambiente — que demora centenas de anos para se decompor, enche lixões e polui oceanos — também é uma solução muito viável e econômica de moradia popular. A matéria-prima barata garante a acessibilidade da tecnologia, que tranforma plástico em paredes e telhados. Segundo a EcoDomum, uma casa com 40 metros quadrados custa aproximadamente U$ 280 dólares para ser construída. (Eco Rede Social, 02/2016)

ONG oferece mentoria profissional e bolsas a universitários de baixa renda

O objetivo é manter na universidade estudantes que ingressaram em 2015 e 2016, pois o início de uma faculdade muitas vezes significa mudar para uma nova cidade, o que traz gastos extras. A mentoria com profissionais do mercado para os jovens alcançarem seu potencial e criarem uma rede de contatos. (Folha de S.Paulo, 04/02/2016)

Projeto instala 369 telhados solares em 22 cidades

Para o presidente do Instituto Ideal, Mauro Passos, o Projeto gerou uma competição do bem, com resultados que comprovam a disseminação do uso da tecnologia FV, urbana por definição. “50 Telhados foi uma ferramenta de alavancagem e de ajuda na tomada de decisão pelo consumidor.”

Os três estados com o maior número de telhados instalados foram Ceará, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, cada um deles alcançando mais de 60 instalações FV. Em termos de potência instalada, além desses três estados, vale destacar a Bahia, que ficou em segundo lugar seguido do Ceará. (Ciclo Vivo, 04/02/2016)

Lei de SP obriga parques e áreas de lazer a ter brinquedos para deficientes

Adaptação em brinquedos deve ser feita em espaços públicos e privados. Clubes privados e centros comerciais também devem fazer mudança. As áreas de lazer e parques infantis, públicas e privadas, deverão a partir de agora instalar brinquedos adaptados para crianças com deficiência. O prefeito Fernando Haddad (PT) sancionou nesta quinta-feira (4) uma lei com a nova determinação. (G1, 04/02/2016)

Organização ensina como construir seu próprio painel solar para democratizar energia limpa

Arquitetura verde e soluções de energia limpa são cada vez mais importantes na hora de pensar no seu sonhado lar. Porém, muitas das soluções inteligentes neste tema ainda não são acessíveis. Muitas vezes são caras, difíceis de encontrar ou nada práticas de instalar em pequenos espaços. Pensando nisso, a organização GoSol surge com o objetivo de democratizar os painéis solares pelo mundo. (Razões para Acreditar, 04/02/2016)

SP inaugura centro que resgata e promove a adoção de cães e gatos

“O centro permite uma outra abordagem no tema da adoção. Vai facilitar a vida do morador que quer adotar um animal e dos animais, que têm melhores condições de espera pela adoção. É um ambiente muito mais adequado, e ele vai estar muito mais pronto para a adoção, porque toda a situação de vulnerabilidade, que pode irritar o animal, é evitada pela qualidade do serviço prestado”, afirmou o prefeito Fernando Haddad. (Razões para Acreditar, 05/02/2016)

Cinco provas de que a energia solar transforma a vida dos brasileiros

A energia solar é renovável, limpa e, principalmente, revolucionária. Por onde chega, está transformando a vida de muitos brasileiros, e não só por gerar eletricidade. Neste link você vai ter vídeos que mostram os benefícios que as placas fotovoltaicas estão trazendo para o País: 1. Oferece água potável, 2. Produz gelo, 3. Barateia contas de luz, 4. Cria empregos, 5. Facilita o ensino nas escolas. (Eco-Finanças, 06/02/2016)

Após percorrer 38 cidades em um ano, fotógrafo lança livro sobre o Mais Médicos: ‘é um manifesto humanista’, diz

É um manifesto humanista, mais do que um livro de fotografia. É assim que Araquém Alcântara, um de nossos maiores fotógrafos de natureza — ele prefere ser chamado de fotógrafo brasileiro — qualifica a última publicação que lançou. O livro Mais Médicos é um registro do programa do governo federal que levou mais de 18 mil médicos a 4 mil municípios do País. “Eu queria ir a esses lugares onde o Estado está chegando pela primeira vez”, conta Alcântara, em seu escritório na Vila Olímpia, zona oeste de São Paulo. “Eu sei como é, minha infância foi assim. Meus pais, analfabetos, nunca foram a médico nenhum”. (Samuel, 09/02/2016)

Moradores de rua mantêm horta comunitária no centro de São Paulo

A horta comunitária da Casa de Convivência Porto Seguro é um programa com vários benefícios: assegura alimentos para as pessoas em situação de rua que frequentam a casa e gera renda para os que trabalham nela (há sete pessoas que usam o espaço que recebem uma bolsa de R$ 927 para atuar em várias funções) e também é educativo (aprendem a lidar com cultivo, jardinagem, compostagem) e terapêutico (vários voluntários aparecem todos os dias para dar uma mão na lida com a terra). (Quem Inova, 11/02/2016)

Estudantes negros da FGV lançam aplicativo para afro-empreendedores

Kilombu, um aplicativo para celular voltado a comercialização de produtos e serviços da comunidade negra. O lançamento da plataforma aconteceu no próximo dia 20 de fevereiro.

“O Kilombu é um conceito que não cabe dentro de um aplicativo”, destaca Del Rey. “Os empresários que vão passar pelo Kilombu, irão frequentar a sala de aula da FGV que será responsável em dar cursos de como melhorar suas vendas. Hoje a maioria usa o Facebook. Usaremos os alunos da Fundação que precisam de horas complementares para capacitar essas pessoas e tudo será de graça para os participantes”, descreve Vitor. Todos os estudantes envolvidos no processo de treinamento dos afro-empreendedores passarão por treinamento para entender as especificidades histórico sociais desse grupo. (Mundo Negro, 18/02/2016)

Agência inova e lança vaga de estágio para idosos; experiência para o cargo: de vida

Aos 60 anos, muita gente que deu duro na vida já se aposentou e está curtindo o dia-a-dia longe da correria dos negócios. Apesar disso, todo mundo conhece alguém que já passou desta idade e não está nada feliz com o marasmo que muitas vezes ronda a aposentadoria. Quando isso acontece, algumas pessoas buscam a reinserção no mercado de trabalho sem muito sucesso. Na área da comunicação as coisas podem parecer ainda mais difíceis, já que muitas empresas valorizam mais os novos profissionais do que aqueles que possuem mais experiência. Uma exceção parece ser a DMV Comunicação, uma agência de publicidade especializada em shoppings centers, que acaba de lançar uma vaga de Estagiário Sênior para quem tiver disponibilidade de compartilhar sua experiência de vida com a empresa. Abaixo você confere a chamada para o posto, que foi divulgado há 2 dias através do LinkedIn. (Hypeness, 02/2016)

…..

Relembre os avanços mapeados no mês de Jan2016.

Post também publicado no blog da Tistu.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Carla Stoicov’s story.