Além do horizonte…

Ele olhou as fotos mais antigas na memória do smartphone,

Achou esse registro, fez uma edição rápida,

Tão rápida quanto o que durou,

O trajeto até o pôr-do-sol era longo, os braços dela apresentavam fadiga,

Já ele vinha pensativo durante a viagem,

Lembrou de ter enxugado algumas lágrimas dela, sobre um medo que ela confidenciou,

Eram lágrimas de aflição, incerteza e medo de não saber se estava fazendo a coisa certa,

Lembro que ele segurou a mão dela e disse o seguinte:

“Fica assim não, tenho certeza que você está fazendo um trabalho excepcional, tudo tem seu tempo e estou aqui do seu lado pro que der e vier"

E acompanhado dessas palavras veio junto um aperto de mão firme que passava segurança juntamente com um sorriso e um toque suave em seu rosto,

Te amo ele disse, ela suspirou e abriu um sorriso tão lindo quanto o sol que se punha naquela tarde,

E assim eles seguiram além do horizonte.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.