mesmo nome


São esses dias enfermos que me mandam ao inferno

Num tempo sem tempo de repouso de uma vida alheia

Aí, atam-se nós na garganta cravados de cadeados

Nem me pergunte pelas chaves [elas existem?]


bate a vontade sangrar de meu corpo essa angustia

Quero deixar minha pele derreter sob a água quente

Quero vomitar o orgulho que sempre tenho de engolir

Ele pode ser útil um dia [quem sabe?]


Se algo ainda se mantém é pela fina linha que conecta

Dois mundos

Dois tempos

Mesmo nome


Se desistir de desistir ainda acontece é pela vontade

De não deixar

De querer ao lado

Com o mesmo nome

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.