manguetown

Surfistas de trem do ramal Saracuruna, abrigo para pessoas em situação de carro, gravetos estampas arraias avoadas, prateleiras dos enlatados indianos da China, submundo da feira dos órgãos de Acari, cigarras cantam em postes de luz, a ponte os caranguejos do diesel, carcaças de carros cheirando no acostamento da BR, a corrida por pedras preciosas dos urubus de parapente. Você não imagina com quais metais pesados se fabrica um corpo humano hoje em dia, o nariz a função orgânica da vontade. O desmanche é negócio de hora, hora e meia.

O governador inaugura nova estação de tratamento de ar na antiga Quinta da Boa Vista. Federais põem pra circular putas disfarçadas de árvore, aviões de asfalto convertidos em pontos de taxista. “Reafirmo compromissos de campanha: a reconquista dos investidores, o arrasamento dos morros, o combate implacável às drogas”, uma agente saca um revólver descarrega um pente contra o palanque.

O tiro entreva o governador na cama, que vegeta em coma até o dia em que acorda pra desligar os aparelhos. “Eles me chamam Gregório Fortunato, Brutus, Gavrilo Princip, Taxi Driver, Mark Chapman. Uma mulher pode ter um ouvários. A gente confessa homicídio com dupla intenção de morrer… não sofremos de Édipo, temos Medéia”. Isso tinha sido internada compulsoriamente, teve alta da quarentena com tratamento de morfina duas semanas antes do atentado. Sofria de abstinências, apura o médico legista.

#medeiros

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.