Maior

Me sentir maior

é, mesmo quando a vida me trai,

conseguir olhar pra trás

e ver de onde eu consegui sair

.

É olhar as cicatrizes dentro e fora de mim

lembrar da história de cada uma e mesmo assim

tocá-las e não sentir nenhuma dor

Saber que fui eu e o tempo quem derrotou

cada monstro debaixo da minha cama

que fazia delas (antes) feridas

.

Lembrar que eu já estive (mas nunca fui)

pequenininha, recuada, intimidada

mas que sempre existiu algo dentro de mim

se contorcendo, querendo sair, desesperada

que não admitiu que eu ficasse assim

.

E por fim, mesmo quando a vida me trai

olho por esse retrovisor e meu medo se vai

eu já venci coisa pior

eu já senti dor daquelas de dar um nó

Então, sim, eu sou muito maior!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.