Às vezes não dá

Escrevo, porque preciso

Coloco tudo no lugar

Quando a mente se bagunça

É onde consigo arrumar

Um texto, um desenho, meu quarto

Farta dessas confusões

Do mundo como ele está

Sigo mascarando emoções

Fugindo desses falsos padrões