Propósitos

Cansado da mesma rotina chata? Não aguenta mais essa falta de motivação? Seus problemas acabaram! Pena que é mentira. Não, seus problemas não vão acabar agora, mas perceba que eu disse “agora”. Tudo vai melhorar, seus dias ficarão menos pesados, sua vida menos tumultuada e seus compromissos menos apertados. Não vou te iludir, isso não vai acontecer hoje e nem amanhã, mas sabe, você pode tornar essa espera menos dolorosa. Quer uma dica?

Por favor, não tente ser de pedra, porque ninguém é. Você tem todo o direito de ter recaídas, chorar e botar tudo pra fora, só espero que, quando isso acontecer, tenha alguém pra te abraçar e dizer que vai ficar tudo bem, mesmo que virtualmente. Tenha seus dias de melancolia, espere-os passar. E não se assuste, eles vão voltar. Mas aceite. Aceite a sua rotina, seu dia a dia, eu sei que é difícil e uma droga, mas ficar pensando no quanto é ruim torna tudo pior. “Aceita que dói menos”, é verdade. E aproveite as pequenas coisas. As coisinhas mais bobas que acontecerem, qualquer momento bom, aprecie, valorize. Afinal, você sabe o quanto a vida é difícil, não adora quando algo bom acontece?

Faça o seguinte, tenha projetos. Sim, projetos, pequenos ou grandes. Seja uma coleção que queira fazer (saudável, nada de acumulação obsessiva), seja uma viagem que queira programar, um instrumento pra aprender, uma lista de filmes ou séries pra terminar de ver, livros pra terminar de ler, seu quarto ou casa pra reformar, um novo pequeno negócio, algo que queira muito comprar ou fazer, qualquer coisa. Pode ser um projeto de vida, anos, meses ou dias. Foque nisso. Pense, idealize, coloque em prática aos poucos, sonhe. E se for de curto prazo, acabe e vá para o próximo. Levante a cabeça e ande olhando pra eles, ignore o caminho que a viagem passará mais rápido. É como prestar atenção nas horas, passam muito mais devagar quando observamos cada minuto, mas se nos distraímos, quando vemos já acabou. Faça o que precisa fazer, trilhe seu caminho um passo de cada vez, e faça direito pra não se perder, mas encontre um propósito não obrigatório. Algo que queira fazer porque te faz bem, ou fará. Foque pra se distrair.

Não conte as horas.