Mentoria: como, onde, quando?

A escolha de assinar este novo projeto como mentoria foi intuitivo. Tenho uma afinidade com a palavra e graficamente falando também tem seu charme: pequena, curta, bonita. Fiz alguns testes com os amigos e ela foi ganhando mais força. Aí, parti para o Google e fui pesquisar.

Do lado das imagens…vejam só:

Temos um bom desafio aí né? Acredito que posso contribuir com novos olhares imagéticos para as possibilidades de se trabalhar com mentoria. Pronto, mais um ponto pra ela!

Do lado das definições, gostei dessa aqui:

"a palavra representa ação associada ao substantivo "mentos" que quer dizer intenção, propósito, espírito, paixão".

Bonito né?

"as origens da relação de um indivíduo com um mentor se perdem na antiguidade. historicamente, a palavra está associada ao papel daquele que traz inspiração e conhecimento e que, como instrutor ou mestre de um ofício, com o tempo vai transmitindo a arte daquele ofício ao aprendiz".

Tem o ar mitológico também, que tenho afinidade.

Atuar como mentora, no meu jeito de ver, me dá abertura para usar minha bagagem eclética a serviço das pessoas. De uma forma mais heterodoxa, sem amarras. Disponibilizar minhas habilidades de escuta ativa, diplomacia, moderação, olhar analítico e visão de negócios em diversos formatos e ferramentas.


Mas….você pode estar aí se perguntando.

Mentoria….como posso usar?

  • estou empacado em algumas decisões sobre carreira;
  • estou confuso em relação a evolução do meu negócio;
  • estou empacado em como tirar uma ideia do papel ou da cabeça mesmo;
  • estou confuso em como me posicionar melhor nas redes sociais para captar novos contatos e oportunidades para parcerias e evolução na carreira;
  • estou empacado na minha migração de profissional corporativo para profissional liberal/consultor.
  • e etc, etc, etc.

E por aí vai….Minha forma de atuar como mentora usa diversas ferramentas, tarefinhas, muito papo e escuta ativa, curadoria de marcas, pessoas, ideias e networking. Com referências da filosofia, psicologia positiva, autoconhecimento e criatividade.

Tudo começou quando tive contato com moderação de grupos e pesquisa qualitativa na minha passagem por quase 2 anos pelo Studio Ideias , idealizado pela Camila Holpert. Ali pude perceber o poder das boas perguntas e todo cuidado, empatia e generosidade necessários ao ouvir a história do outro. Eu adorava entrevistar, passar 2 horas conversando com alguém, ouvir suas bagagens e depois fazer conexões a partir daquelas informações tão preciosas. Uma experiência intensa e maravilhosa.

Alguns anos depois, vem uma nova aventura com novos clientes em workshops ultra-mega-criativos sobre futuro dos negócios e networking no séc. XXI lá pelos idos de 2009, quando a gente ainda ajudava as pessoas a abrir um perfil e uma página do seu negócio no FB, rs. Tive o enorme prazer de estar ao lado da futurista Beia Carvalho, idealizadora da 5 Years From Now, onde fui sócia até 2013. Valeu por várias faculdades, foi uma enorme evolução profissional e expansão de networking além de ganhar uma madrinha e amiga pra vida toda! Nesta vivência, o bichinho da mentoria me pegou. Foram diversas histórias de transformação onde eu pude atuar ao lado de tantas pessoas especiais. Foi muito, muito, muito gratificante.


Me sinto pronta e cheia de disposição para ouvir sua história.

Não sabe direito como posso te ajudar? Me conta do seu momento, o que te aflige. Quer desatar nós envolvendo algum projeto? Precisa desbloquear sua criatividade para resolver problemas?

Vamos conversar!

É hora de contar com um ouvido atento e criativo. 2017 está só começando.

tais@tintinmentoria.com.br / 11 99984–1050

Like what you read? Give Tais Souza conselheira de negócios a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.