E agora, que o amor acabou?

Para tristeza nacional, no último mês de agosto, um dos casais mais consolidados no imaginário popular como “Perfeito” terminou. Fátima Bernardes e William Bonner, famosos por seu relacionamento estável e discreto, anunciaram o fim do casamento de 26 anos. Já em setembro a surpresa foi internacional, com o anúncio do possível fim do casamento de Brad Pitt e Angelina Jolie.

Quando as redes sociais estavam começando a superar a primeira notícia vem a segunda, quase que pra lembrar que esse assunto não deve sair de pauta tão cedo. As pessoas, que de fora, estabelecem seu referencial nos relacionamentos aclamados pela mídia estão agora atônitas, com uma única conclusão: “Não acredito mais no amor!”. E é compreensível. Ter um referencial desconstruído desta forma pode ser uma processo doloroso e exigir redefinição de muitos conceitos e posicionamentos.

Porém, o mais assustador é perceber esse comportamento em pessoas que se declaram cristãs. Gente que deveria ter seu modelo em Cristo e viver pelo que a bíblia diz, que deveria não esperar coisas boas do mundo, mas reconhecer que este não consegue romper com seus limites naturais. Gente que deveria lembrar que não é deste mundo e que sua existência serve não para seguir, mas para se tornar modelo dos propósitos de Deus.

Ou seja, diante de todos os acontecimentos externos, a função do discípulo de Jesus é se posicionar e mostrar o caminho. Não por ser melhor ou saber mais do que alguém, mas por estar entregue a Cristo e disponível ao exercício da sua vontade. Cabe a este compreender a realidade dos que estão a sua volta e tornar-se uma placa de retorno para Cristo, indicando o caminho e tendo sempre sua esperança fundamentada naquele que nunca falha.

“Alguns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós confiamos no nome do Senhor, nosso Deus. Eles vacilam e caem, nós, porém, nos levantamos e ficamos de pé.” Salmos 20:7–8.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.