Crie uma regra para as exceções à regra
Samuel de Almeida
201

Teu texto me lembrou demais de um outro texto que reli recentemente: Prisão Verdade, do Alex Castro. Tem uma parte do texto que gosto muito, quando ele pergunta “como eu sei disso que eu sei?”. Essa investigação é trabalhosa, perigosa e dolorosa, mas pode nos levar a ter muito mais clareza sobre quem somos e, principalmente, como somos o que somos. Super vale o exercício :)

Like what you read? Give Tales Gubes a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.