Você é um puxador de conversas!

Abri uma comunidade do Facebook da qual participo e lá estava a mensagem: parabéns, você é um puxador de conversas! No mesmo momento, fui invadido por um pensamento: que legal, o que posso escrever aqui na comunidade para fomentar ainda mais conversas?

Nos últimos anos, ando atento aos meus processos internos. Interessa-me em particular perceber como certos eventos me afetam e me mobilizam. Foi por meio dessa prática de atenção plena que percebi o nascer de uma urgência de fazer novos posts na comunidade do Facebook.

Eu já havia lido sobre o gatilho psicológico que é dizer às pessoas que elas são aquilo que gostaríamos que elas fossem. Parece que, uma vez enquadradas em um rótulo específico, as pessoas trabalham (inconscientemente) para fazer valer e cumprir esse rótulo. Embora eu tivesse ciência sobre isso, jamais havia sentido no corpo e nos pensamentos esse gatilho em ação.

Mesmo atento e buscando mais consciência sobre o que faço, continuo à mercê de mil influências. Uau! Estou feliz por haver percebido uma delas e apreensivo com o tanto de outras influências que certamente deixo escapar. Como é saboroso investigar a experiência de estar vivo!


Originally published at Tales Gubes.