Desconheço-me a mim mesmo

“Porque está tão chateada?” Perguntei a mim mesma numa tentativa frustrada de autoconhecimento. Eu não sei

Não gosto de como me sinto. Não gosto de como me vejo. Não gosto de como vejo os outros. Não gosto de como vejo o mundo.

Eu poderia dizer qualquer outra coisa, mas prefiro dizer que não sei a tentar perambular pelos becos escuros da minha alma.

2 de março de 2016

Like what you read? Give Tamara Neres a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.