De quando a sinergia ascendia

No pequeno instante da imensidão que tudo é

De perto, tão perto, sentia o circular

Pura energia emergia da pele

Em contato sutil, mais do que toque

Se fazia em harmonia

Numa calmaria tão vasta

Quanto a luz que a lua refletia

Clareza desde os fios de cabelo-pêlos-dedos

Até a palavra que se dizia com afeto

E se ouvia, sem erro

Dentro da proximidade natural que surgia

Te sinto de perto

E assim, desde qualquer princípio te liberto

Me liberto, para que sem acordos sejamos nossas guias

E sigamos tranquilas

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.