A olharia, e veria nela o espelho das minhas projeções.
Entrevista
SantosJr
398

Você mexeu diretamente com meu coração quando citou Mr. Darcy, rs, é o personagem da literatura da Jane Austen que mais amo. E vc foi muito feliz em utilizá-lo. Se o conhece em detalhes sabe do que estou falando.

O tema abordando é melindroso, e não tão fácil de aceitarmos na prática. É involuntário, temos sim a mania de projetarmos o que idealizamos nas pessoas que gostamos, e pior, queremos cobra-los por não o serem. Queremos molda-los e não aceitamos quando eles resistem. É irônico, é egoísta.

Sua obra toda foi certeira do início ao fim, com uma conclusão digna de uma pessoa que entende o que de fato é um relacionamento. Não sei como é a vida pessoal sua, não sei se confunde com seus pensamentos literários desse texto, mas se sim, lhe dou parabéns, isso não é fácil.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.