Open Data Day 2017

Desde o dia em que eu acordei e decidi que queria aprender mais sobre tecnologia e ter um carreira em tech passei a usar a maior parte do meu tempo livre aprendendo coisas novas aleatoriamente. Pra quê regras, né? E aí que o #opendataday2017 foi dia de aprender a hackear dados com pessoas que já entendem do assunto e têm muito conteúdo para compartilhar.

Fui para o Lab Hacker sem saber nada do que me esperava. Por sorte, encontrei uma galera super receptiva que quer verdadeiramente incentivar mais pessoas a hackearem dados públicos para gerar conteúdo relevante. Com a proximidade do dia internacional das mulheres, essa foi a pauta.

O dia teve uma dinâmica construtiva antes de chegar ao momento em que a gente começou a explorar os dados. Foram várias rodadas para gerar insights e entender qual caminho iríamos seguir. Falamos de apps que usam dados públicos para solucionar problemas, como o Serenata de Amor, Radar Parlamentar, Vigie Aqui, Chega de fiu-fiu, Gênero e número (coloquei os links no final do texto) e discutimos assuntos que gostaríamos de abordar. As pautas escolhidas foram: mulheres + políticas e mulheres + economia.

Eu escolhi falar sobre política. No grupo, tínhamos dois programadores SQL e Python que criaram um banco de dados com as primeiras informações coletadas sobre eleições de 2016. Nosso objetivo era observar como as mulheres estão nesse quesito: quantas se candidatam, são eleitas, quanto da verba destinada às campanhas políticas vai para as candidatas e outros.

Depois de gerar várias linhas de comando de SQL, conseguimos extrair diversos dados a partir do cruzamento das planilhas de prestação de contas e de candidatos das eleições de 2016. O resultado foi simplificado em um infográfico que mostra um retrato no mínimo discutível do país. Curiosidade: começamos explorando os dados do Acre (ordem alfabética!) e começamos nos assustando com os números, mas ainda com a esperança de que em São Paulo os números seriam menos díspares. Depois repare no que a gente descobriu.

https://infogr.am/open_data_day____mulheres_nas_eleicoes_2016

Esse foi o resultado do hackday. Um infográfico com muita informação interessante e muito aprendizado (obrigada a todos envolvidos!).

LINKS

Projetos com OpenData

Iniciativas ligadas a lutas, reivindicações e demandas das mulheres