Minha mãe nunca sentou no meu sofá

Eu tenho um sofá novo. Comprei neste ano. Mas minha mãe nunca sentou no meu sofá: ela faleceu há quase cinco anos.

Minha mãe nunca sentou no meu sofá, assim como ela nunca me viu com o corte atual de cabelo. Ela também não chegou a ver a colcha nova da minha cama, nem as roupas que comprei no ano passado (acho até que hoje tenho poucas roupas que ela chegou a conhecer). Ela não chegou a ver apulseira que ganhei de aniversário da minha melhor amiga e da qual tanto gosto.

Minha mãe nunca sentou no meu sofá, assim como ela não viu o Wood ficar velhinho e a Mahaninha adoecer antes do tempo.

Minha mãe nunca sentou no meu sofá. Mas, acima de tudo, ela não viu a minha filha nascer, não viu a Alice ir pra escola, não ouviu a risada linda e incontrolável da pitoca e nem viu o euforismo dela diante de um presente embrulhado.

Dia desses, sentada no meu sofá novo, eu me dei conta de que quase tudo a minha volta minha mãe não chegou a conhecer. E isso faz tão pouco sentido. Ainda.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.