Seja Saudável: Pense Positivo

28 de setembro de 2015

“O nosso corpo é um instrumento para o crescimento e cura espiritual. O nosso corpo nos reconecta com a nossa verdadeira essência, que é o amor.” (Gabrielle Bernstein — May Cause Miracles)

Você acha que sabe da saúde de uma pessoa só de olhar para o corpo dela? Você se preocupa apenas com a saúde das pessoas gordas? Você acha que estar gordo é estar doente? Você está mesmo preocupado ou está sendo preconceituoso? Vamos refletir?

Sabemos que existem pessoas gordas e magras com problemas de saúde. Sabemos também que existem pessoas gordas e magras completamente saudáveis. Por que essa fiscalização constante sobre os corpos gordos? Principalmente das mulheres? A fiscalização do corpo gordo, o preconceito disfarçado de preocupação com a saúde da pessoa gorda está criando mais doenças do que a obesidade em si.

O que você acha que passa pela cabeça de uma pessoa gorda quando ela escuta constantemente que precisa emagrecer? Que precisa ser algo diferente do que ela é? O que você acha que ela sente quando vai ao cinema e as cadeiras são mais estreitas do que o seu quadril? Ou quando ela não consegue ficar feliz ao comprar a passagem da viagem dos seus sonhos porque é tomada pela ansiedade de saber se vai ou não caber na cadeira do avião? E quando ela fica presa na roleta do ônibus e vira motivo de chacota? O que você acha que a mulher gorda sente quando entra numa loja e nenhuma roupa cabe nela? Ou quando abre uma revista e não se vê representada por nenhuma mulher em nenhuma foto? O que você acha que ela sente quando liga a televisão e não vê nenhuma mulher gorda apresentando um programa, fazendo uma reportagem ou numa cena de novela ou filme que não seja um papel cômico ou humilhante?

Ser gorda é literalmente NÃO CABER no mundo.

E se o mundo está tão preocupado com a saúde da pessoa gorda, porque ela não cabe nesse mundo?

Se ser gordo é estar doente, por que as pessoas não são mais gentis com quem está “acima” desse peso aí que vocês decidiram ser o “ideal”? Normalmente somos gentis com pessoas doentes, né? Mas com gordos… as pessoas que acreditam que ser gordo é estar doente não medem esforços para agredir a pessoa gorda. Dizem que são preguiçosos, indolentes, pessoas sem vergonha na cara e por aí vai.

Ser gorda num mundo que não te cabe e ouvir apenas coisas negativas a seu respeito e a respeito do seu corpo é estar mesmo predisposta a doenças. Ao ouvir os comentários destrutivos sobre o seu próprio corpo, a pessoa gorda desenvolve uma repulsa a si mesma e ao seu corpo e esse sentimento negativo pode ser um milhão de vezes mais nocivo do que um almoço fast food, por exemplo.

Sim. Os nossos pensamentos criam as nossas palavras. As nossas palavras criam as nossas ações. E as nossas ações criam o nosso destino.

Todos sabemos que excesso de comida, álcool e drogas em geral pode danificar o nosso corpo. Mas nunca lembramos dos pensamentos. Pensamentos tóxicos podem afetar a nossa saúde e criar doenças no nosso corpo, tanto quanto o que comemos, bebemos ou ingerimos. Precisamos ficar atentos em como os nossos pensamentos afetam o nosso corpo. De nada adianta fazer dietas e continuar se odiando, sentindo raiva do seu corpo ou tentar mudá-lo à força. Você pode preparar um lindo prato de salada, mas se continuar com raiva da sua barriga, de si mesma ou dos outros, você não vai estar saudável! Você pode até conseguir emagrecer, se este é o seu objetivo, mas enquanto não conseguir amar o seu corpo, continuará vulnerável a todos os tipos de enfermidades.

Quando você muda a sua percepção sobre o seu corpo, o seu corpo muda!

Não gaste energia sentindo raiva de quem te “xingou” de gorda. Em vez disso, ressignifique a palavra. Lembre-se que GORDA não é xingamento. É natural sentir raiva de quem oprime a gente, eu te entendo, mas a partir do momento que você toma consciência de que os seus pensamentos afetam a saúde do seu corpo mais do que uma porção gordurosa de batatas fritas, fica mais fácil mudar o que você pensa. Sim, é possível escolher o que vamos pensar. Treine, exercite o seu pensamento e verá que é possível!

Uma das maneiras mais fáceis de se conseguir controlar os nossos pensamentos é meditar. A meditação funciona no nosso cérebro como o reboot funciona para o seu computador. É como reiniciar a máquina, limpar os cookies! Ao meditar todos os dias, você fica mais consciente do que pensa, do que fala, consequentemente de como age e o resultado é muita mudança na sua vida. A minha dica é: tenha consistência! Mais vale meditar 1 minuto por dia do que 1 hora de vez em quando. Experimenta e depois me conta!

Ao mudar os seus pensamentos sobre a pessoa que te ofendeu, você vai sentir a raiva se dissolver e o seu amor próprio crescer ainda mais. Se você escolher pensar que essa pessoa ainda não consegue se amar ou ainda não se libertou dos padrões impostos pela sociedade, vai chegar um momento em que você pode até sentir uma compaixão por essa pessoa e até ter vontade de ajudá-la. Você pode lembrar que já pensou como ela um tempo atrás ou que também já ofendeu outras pessoas em um outro contexto. Nesse momento você percebe que somos todos um. E isso é AMOR.

Ame o seu corpo. Não seja um fiscal do corpo alheio. Medite. Dissolva a sua raiva. Mesmo que você tenha razão… desapegue-se! Escolha ser feliz. Ninguém é capaz de ofender você se você não permitir. Pensamento positivo sempre. Pensar positivo é ser saudável. Namastê.


Originally published at gordaezen.com.br.