"But had me believing it was always something that I’d done”

Fones nos ouvidos, gaslighting e uma rotina que segue no sentido contrário da minha. Me pego lembrando de uma briga que ocorreu em função de uma receita falhada de um doce. Quantidades erradas, a mal leitura dos rótulos resultaram em uma porcaria. Mas OK, eu comeria igual, quem nunca errou uma receita?

O erro tomou uma proporção maior do que devia, e a noite acabou nas minhas lágrimas por ter a família que tenho e por ser a pessoa que sou, ou fui. 

"But had me believing it was always something that I’d done". Riamos dessa frase como se fosse brincadeira. Mal sabia eu o quão atormentador, real e abusivo aquilo era.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Tatiana Stein’s story.