Management 3.0: Conhecendo as 6 visões

https://management30.com/

Como no dia 14 de agosto de 2016 cheguei em minha versão 3.0 (vulgo 30 anos de idade), trago hoje um texto sobre Management 3.0, um assunto muito interessante que com certeza vai fazer você enxergar a gestão com novos olhos, 6 para ser mais exato.

Quando estudamos metodologias ágeis, muito pouco se fala em relação a gestão. Como deve agir um gerente ou gestor dentro dessa realidade? 
A resposta está neste excelente livro escrito pelo holandês Jurgen Appelo, criador do Management 3.0:

Link do livro na amazon

E por que 3.0? Vamos entender primeiro os conceitos de gestão 1.0 e 2.0:

1.0

Taylor e Fayol. Se esses nomes são familiares para você, entender a gestão 1.0 vai ser fácil. Basicamente trata-se do modelo “Top Down” onde temos uma hierarquia empresarial bem estruturada e verticalizada onde quem esta no topo pensa em quem esta abaixo apenas executa. Infelizmente este ainda é o modelo mais utilizado no mercado.

2.0

Ainda” Top Down”, com a gestão apoiada a metodologias como Six Sigma e Balanced Scorecard que otimizam os processos com o objetivo de aumentar a qualidade e reduzir desperdícios. Trouxe grande avanço e alavancou o crescimento de muitas empresas nos últimos anos.

Para alguns até aqui já estava ótimo…

3.0

Com a chegada das metodologias ágeis, os times auto-organizados balançaram as hierarquias empresariais compartilhando a liderança em projetos e processos entre os todos os membros da equipe. O papel do gestor agora é muito mais de facilitador do que de estrategista, cabe ao time decidir como executar as atividades e isto deve ser garantido pela gestão.

Dentro dessa nova realidade, Jurgen descreve em seu livro as 6 visões essenciais da gestão 3.0, representando as organizações com um desenho bem sugestivo: Um monstro. 
Um monstro sempre é assustador (pokemons não entram nessa categoria), complexo e único, assim como as empresas que possuem tantas particularidades e processos que se tornam como seres vivos, independentes e em constante mutação.

Vamos então conhecer o monstro do Management 3.0 e as suas visões:

1- Energize People (Energizar Pessoas)
Analisar as pessoas e entender individualmente o que as motivam e em seguida promover situações que lhes tragam a satisfação e realização.

2- Empower Teams (Empodeirar Times)
Garantir o poder compartilhado para o time, promovendo a auto-gestão e incentivando as decisões descentralizadas.

3- Align Constraints (Alinhar Restrições)
A liberdade não pode ser confundida com bagunça. Definir em conjunto os limites no processo aumenta o engajamento e adesão as regras.

4- Develop Competences (Desenvolver Competências)
Um time auto organizado também deve ser um time auto suficiente e multidisciplinar. Treinar e evoluir as competências deve ser uma prioridade.

5- Grow Structure (Aumentar as estruturas)
Toda empresa busca ampliar seus negócios, o Management 3.0 incentiva o crescimento consciente mantendo o foco em qualidade e o ambiente colaborativo.

6- Improve Everything (Aprimore tudo)
Os sábios japoneses nos ensinaram que melhoria continua deve ser uma lei em nossas vidas. Quando aprendemos com os erros e buscamos a evolução constante, o sucesso é consequência.

O Management 3.0 é um movimento inovador porque prioriza a felicidade e motivação das equipes, mostrando que o trabalho deve ser mais do que uma simples rotina e sim uma oportunidade de realização pessoal e profissional.

Que a força esteja com vocês!