Heróis silenciosos

Quando pensamos em pessoas resilientes, as primeiras imagens que nos vêm a cabeça são de pessoas influentes mundialmente. Frida, Marting Luther King, Édith Piaf, Nina Simone… Suas histórias de perseverança e luta ecoaram pelo mundo inteiro e nos influenciam até hoje.

Um exemplo mais recente é a da ativista paquistanesa Malala, que luta em favor do direito de educação feminina e foi alvo de um ataque por causa de seus ideias. Levou três tiros, um deles na cabeça. Sobreviveu e tinha tudo para desistir da sua luta. Resolveu persistir e hoje é a pessoa mais jovem que recebeu o Prêmio Nobel da Paz (ganhou com apenas 17 anos).

Sem dúvida, sua influência está trazendo grandes avanços em um mundo permeado por ganância e soberba.

Só que existem muitos outros exemplos de pessoas como Malala pelo planeta, mas não ficamos sabemos de suas histórias. Esses são os heróis silenciosos. Mesmo estando fora da “grande mídia”, conseguem gerar um grande impacto no meio onde vivem.

Todo mundo conhece pelo menos um exemplo assim. Aquela vizinha que sofreu muito para superar um câncer, aquele amigo que passou anos tentando abrir um negócio, aquele conhecido de uma amiga que sofreu com uma depressão e hoje consegue ter uma vida mais tranquila. Inclusive, você mesmo que está lendo esse texto pode ser um exemplo de pessoa resiliente.

Somos tão acostumados com as notícias negativas da mídia que acabamos não nos dando conta de como esses heróis estão lutando para tornar o mundo, ou pelo menos o lugar onde vivem, melhor. O negativismo acaba tomando conta das discussões, dos telejornais e até mesmo de filmes e suplantando a divulgação desses heróis que tanto têm a melhorar um mundo em crise.

E é por isso que um dos principais propósitos das Mídias Sociais do TEDxUFPE 2016 é dar voz a esses heróis silenciosos, proporcionar um espaço para que os mesmos possam contar um pouco das suas histórias e provar que é possível mudar e fazer a diferença.

vamos compartilhar mais ideias

vamos compartilhar mais histórias

vamos compartilhar mais amor ❤


Texto: Flávia Carvalho
Ilustração: Anderson Acioli*

*a ilustração do início do texto tem como inspiração a música de Nina Simone e uma fotografia de Flora Negri.

Like what you read? Give TEDxUFPE a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.