Audiência Pública trará discussões acerca da prevenção e combate ao suicídio em Maceió

Com a finalidade de promover um debate social a respeito da atual situação do número crescente de suicídios em todo o Brasil e em Alagoas, a Câmara Municipal de Maceió, por meio da Vereadora Tereza Nelma, promoverá uma audiência pública no próximo dia 11 de setembro, às 15h. O objetivo é dar foco a atual situação dos suicídios em nossa sociedade e quebrar esse tabu, tratando dos seus índices, causas e prevenção.

Mesmo tratando-se de algo a que todos estamos vulneráveis, o suicídio ainda é um tema delicado e, por isso, pouco debatido em pleno século 21. De acordo com o Centro de Valorização da Vida (CVV), a partir de dados do Mapa da Violência, 32 pessoas se suicidam por dia no Brasil, que significa uma a cada 45 minutos, o que faz do país o oitavo com mais suicídios do planeta. São quase 800 mil vítimas por ano.

Objetivando minimizar esses índices que só crescem com os anos e adotar estratégias para combate-lo em todos os países, a Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e a Organização Mundial de Saúde instituíram, em 2003, o dia 10 de setembro como o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio. Nesta data, o mundo mobiliza-se com o propósito de salvar vidas!

Em Maceió não poderia ser diferente, já que as ações do Setembro Amarelo, que alertam para o tema, estão sendo disseminadas em todo o estado. Pensando nisso, a vereadora Tereza Nelma– além de promover essa audiência pública, que mobilizará o poder público, profissionais, instituições e pessoas envolvidas e interessadas com a causa, protocolou na Câmara Municipal de Maceió o projeto de lei de institui o Dia Municipal de Prevenção ao Suicídio, também na data de 10 de setembro. O documento ainda encontra-se em tramitação e em breve seguirá para votação em plenário.

“Esse é o primeiro ano que promovo essa audiência, mas sempre alertei para a importância do tema. Infelizmente o número de suicídios vem crescendo e o poder público não pode fechar os olhos para isso. Precisamos trabalhar com ajuda voltada para a prevenção e não apenas lamentar quando o fato já houver acontecido. E é isso que discutiremos nessa audiência. Sem dúvida será um importante momento de discussão para as pessoas envolvidas com a causa.”, afirmou a vereadora.
Show your support

Clapping shows how much you appreciated Tereza Nelma’s story.