Falta pouco

Quase, quase…


Pensando positivo! Hoje possivelmente será o última dia de recuperação em ginásio antes do regresso aos treinos (que bem preciso, já se vai notando a barriga).

O trabalho de recuperação tem tido altos e baixos, mas nínguem está mais intusiasmado com o regresso, do que eu próprio, já sinto falta de ficar “cansado” fisicamente, de bater em alguns colegas que bem merecem, e estar onde a acção se desenrola.

PS: Atenção quando menciono bater em colegas, digo no sentido em que existe pessoas a precisar de alguma moral extra por questões mais pessoais, e o “bater”, é mais injecção de moral que outra coisa.

Por outro lado, o facto da vida pessoal estar a encaminhar da forma mais correta, e de ter as pessoas certas ao meu lado neste momento, é um dos principais para uma recuperação bem mais rápida do que o normal. Não que a lesão fosse a pior, porque por uma vez na vida dei o braço a torcer ao meu próprio corpo (ficou estranho, mas faz sentido) e cedi em procurar ajuda, e tentar resolver o problema de forma bem mais rápida.

Sexta, inica-se mais uma nova etapa, de recuperação e recuperar a moral para este caminho até ao verão, o que será melhor que o do último ano!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.