ONDE usar o ONDE?

Essa palavrinha torna-se um grande problema nas redações e em textos de modo geral, pois o uso dele enquanto PRONOME RELATIVO é mais restrito do que se pensa. A função desse tipo de pronome é relacionar palavras dentro de uma frase, ligando-as para manter o texto coeso e coerente, assim como o termo QUE (O QUAL e A QUAL) que também é relativo e desempenha tal função.

Por exemplo: O texto que acabei de ler é lindo!

O pronome QUE, nessa frase, liga a palavra “texto” à construção “acabei de ler”, para que seja adicionada outra informação a essa mesma palavra — “é lindo”.

Porém, o QUE pode ser usado para qualquer tipo de palavra, DIFERENTE do ONDE, que pode ser usado APENAS para retomar palavras que indiquem (ou que tenham sentido de) LUGAR (mas um lugar definido geograficamente e espacialmente); por isso, o uso do ONDE é tão restrito.

Além de retomar uma palavra que indica lugar, o pronome ONDE pode expressar esse sentido, sem necessariamente ter um referente já citado.

Por exemplo: Estaremos ONDE nos viu da última vez.

Nessa frase, não há uma palavra sendo retomada, mas o “onde”, por si só, indica espaço.

É certo escrever que “a casa onde moro é meu lar”, mas é incorreto dizer/escrever que a “situação onde nos encontramos é delicada”, já que a palavra “situação”, retomada pelo pronome, NÃO representa um lugar demarcado/delimitado.

DICA: Caso o ONDE não possa ser usado, substitua-o por EM QUE (ou no qual/na qual).

Por exemplo: Na festa onde se conheceram, ambos os jovens eram penetras.

Na festa em que se conheceram, ambos os jovens eram penetras.

Gostaram da dica?

Até!

Texto Fácil
facebook.com/textofacilescrita
Instagram: @textofacil

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.