Monstro Interior

Monstro interior
Eu sou o que sou
Meu outro lado
Estar guardado
Com chave e cadeado

Jamais será encontrado

Monstro interior
Está trancado em uma jaula
Uma fera desalmada
Não pode ser libertada

Monstro interior
Talvez eu seja uma psicopata
Sem arrependimento
Sem magoa
Não sorria
Não amava

Monstro interior
Como eu me liberto de você?
Você me assombra mesmo que sem querer
Invadindo meus sonhos
Mexendo na realidade
O que eu faço para parar
Com essa loucura na mentalidade

Monstro interior
Você é o que eu sou
Só não quero admitir

Uma máscara vai ser
O que eu vou vestir

Monstro interior
Cada um tem um pouquinho
Bem no seu coraçãozinho
Aquele seu lado sombrio
Que faz aqueles errinhos
Que assombra o seu soninho
Te dando maus pesadelinhos

Monstro interior
Isso não é só minha loucura
Cada um tem sua loucura
Mas ela está escondida
Como uma fera enjaulada
Muitas vezes nem encontrada
Mas se um dia libertada
Se prepara
Porque vem desgraça

Like what you read? Give Thacy Mendes a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.