4 motivos pelos quais você precisa do feminismo na sua vida AGORA!

Eu já fui o tipo de garota que julga a outra mulher pela roupa que ela veste, pela atitude que ela tem, pelo tipo e quantidade de homens que ela se envolve, pelo simples fato dela ser mulher e não ser o padrão perfeito imposto pela sociedade.

Sim, não tenho medo de confessar que fui esse tipo de pessoa que aponta o dedo na cara e que fala que a culpa é da vítima em determinados casos como: a roupa que ela estava vestindo quando mexeram com ela na rua. Mas um belo dia, quando passei por um relacionamento abusivo, a ficha caiu: “Peraí, será que a culpa é sempre da mulher mesmo ou a sociedade em que a gente vive é cruel e muito injusta quando lida com nós?”

Li muito, questionei muito e aprendi muito! Por isso, estou aqui, a feministona que você respeita para dizer os reais motivos que você precisa do feminismo na sua vida:

1 — A violência contra a mulher é alarmante!

Segundo pesquisa feita pelo Datafolha no começo desse ano (2017) uma em cada três mulheres sofreram algum tipo de violência no último ano e, pasmem, a cada hora, isso mesmo que você leu, HORA, 503 mulheres brasileiras são vítimas de violência doméstica. E aí você se questiona: ah mas o que o feminismo tem a ver com isso? Simples, ele ajuda a disseminar o entendimento de que as mulheres precisam de proteção e lutar pelos seus direitos.

O feminismo ajuda a ampliar a ideia de que essa violência nada mais é do que fruto do machismo, no qual o homem entende que a mulher é sua propriedade e por isso tem direitos sobre ela.

2 — RELACIONAMENTOS ABUSIVOS ALERT!

Todas as mulheres já passaram por um relacionamento abusivo, TODAS! Não adianta, por mais que você diga que não. Vamos fazer um teste bem rápido? Assinale as opções de casos que você já passou em um relacionamento:

*o cara não quis que você saísse de casa com uma certa roupa ou com um tipo de maquiagem;

*durante uma briga, por mais que você fosse a certa ele te fazia acreditar que você era a culpada;

*não deixava você sair sozinha e se ele quisesse sair sozinho, tudo bem, ele pode, porque ele é HOMEM;

*você não estava afim de transar, mas ele queria, então você fez só para ele parar de te encher o saco e porque ele insistiu muito;

*ele disse para você não cortar o cabelo, porque se você fizesse isso, ficaria feia e ele teria mais um motivo para terminar com você;

Se você marcou mais de uma alternativa, minha amiga, infelizmente você teve um relacionamento abusivo. O feminismo está aí para te mostrar que você tem que se amar primeiro, para buscar um relacionamento saudável, se é que você quer ter um.

Ele está aí para te fazer entender que você já se basta para ser feliz! E que se for para ter alguém que venha para somar e nunca para ser um peso na sua vida.

Tem mais informações sobre relacionamento abusivo nesse vídeo muito esclarecedor da Jout Jout: https://youtu.be/I-3ocjJTPHg

3 — Empatia, amor próprio e reciprocidade

Ok, essas são as palavras que estão na moda e é chato falar de novo sobre elas, eu te entendo! Mas pensa comigo tem coisa melhor do que a gente se amar? Se colocar no lugar do outro antes de julgar atitudes? Não tem gente! Por isso, a vida fica muito mais leve quando a gente entende os motivos da outra.

Nós fomos ensinadas desde pequenas a ver a outra como uma rival, por isso, a gente julga tanto mulheres que são diferentes de nós. A gente vive competindo para saber quem é mais bonita, quem é que vai casar primeiro, quem vai pegar o boy magia, enfim, a gente nasceu com essa rivalidade que faz muito mal. Quando a gente busca entender que sim, nasci nessa sociedade muito louca que fala que eu tenho que ser sempre melhor do que a minha coleguinha, eu passo a enxergar a outra mulher não mais como uma rival, mas como uma pessoa que tem as mesmas crises que eu.

Aqui também entra a questão de que a gente não é obrigada a ter um corpo de capa de revista que a sociedade impõe pra gente! PODEMOS SER O QUE QUISERMOS! A gente pode mesmo viu? De verdade e de coração!

4 — E por último, mas não menos importante: precisamos parar já com coisas de menino e coisas de menina!

Gente que ano é hoje? Eu sempre me questiono a razão pelo qual meninas tem que usar rosa e meninos tem que usar azul, ou, porque brinquedos como bonecas, fogãozinho, panelinhas são legais para meninas e não para meninos, sendo que todos são apenas crianças.

Entramos novamente o quesito: PODEMOS SER O QUE QUISERMOS! Por isso, vai lá, incentiva a sua filha, sobrinha, enteada, prima, não importa, incentiva essa criança fofa a ser o que ela quiser ser, porque ainda dá tempo da gente viver em um mundo mais legal.

Finalizo esse texto pedindo encarecidamente para que você repense suas atitudes e entenda que o machismo mata e que ele faz você viver em uma sociedade que não é justa.

Sabe o que eu quero para nós? Eu só quero andar tranquilamente no bairro em que eu nasci e poder me orgulhar e ter a consciência que a mulher tem seu lugar! Fé em Deus, DJ!

Like what you read? Give Thais Ernandes a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.