API Rock Festival terá sua 3ª edição em 2017

3ª edição acontece na cidade de São João Nepomuceno/MG. (Foto: Divulgação)

API Rock Festival, em 2017 terá sua 3ª edição, na cidade de São João
Nepomuceno, MG, porém ainda sem uma data confirmada e nem as bandas
que iram tocar no evento.

O evento surgiu para chamar a atenção e mobilizar a população são joanense.
A cidade conta com bandas alternativas e artistas como Emerson
Nogueira, entre outros músicos e diversos compositores. Porém não havia lugares e apoio
para esses artistas mostrarem seus trabalhos, assim surgiu a ideia de criar um
Fórum da Música, conta em uma entrevista um dos organizadores, cantor e
guitarrista da banda Doisó, Thiago Pável.

Perguntei a ele de quem foi a ideia da criação do evento: “ Foi um evento criado pelas bandas locais para mostrar a união entre elas, pois são bandas muito amigas, isso aconteceu em 2015. O API Rock Festival tem um objetivo maior, nós nos organizamos e buscamos espaço. O festival seria o ponto inicial para isso. Foi uma ideia que não teve uma única pessoa, foi a vontade de tocar das bandas. Na época que surgiu, nós estávamos com seis bandas em atividades, todos as bandas locais“, diz Thiago Pável.

Foto: Thais Moreira

E ainda pergunto ao organizador o porquê do nome “API”, e ele me responde da seguinte forma: “ O API, nós não tivemos uma definição, mas pensamos em algo para homenagear a cidade de alguma forma que seja próxima. “API” é uma expressão de espanto que é típica de São João Nepomuceno. Tivemos a ideia de princípio de colocar o nome do evento de POMPEU Rock Festival, que também faz parte de outra expressão da cidade, mas “API” foi o que soou melhor. É um evento criado por são joanenses para são joanenses”, explica Thiago Pável que logo em seguida explica como as bandas fazem para participar do evento: “É bom que se explique que na primeira edição, as uniões das bandas foram tão fortes que acabamos fundando o Fórum da Música. Com ele queríamos elevar os artistas locais. Para qualquer banda fazer parte do API Rock Festival, primeiramente ela tem que fazer parte do Fórum da Música, estarem fazendo seus “deveres”, cumprindo com suas obrigações. Possuindo um layout no estilo do evento que é o Rock. E a grandeza está tomando uma proporção tão boa que acreditamos que ano vem teremos que fazer uma pré-seleção, pois são muitas bandas de Leopoldina, Bicas e entre outras pedindo participar, mas já tínhamos falado que íamos dá uma ênfase nas bandas de São João, e este ano trouxemos apenas uma banda de fora que é a Dona Pequena, que é uma parceira nossa. Ano que vem teremos esse problema que é bom. Ainda não decidimos como será essa pré-seleção é só ficarem atentos que iremos divulgar”, explica Pável.

Foto: Thais Moreira

Para complementar, perguntei como a prefeitura de São João Nepomuceno ajudou, como ela se envolveu e o organizador responde: “ A prefeitura apoiou o Fórum da Música desde o primeiro evento, ela vem sempre coma parte estrutural , a parte da infraestrutura. Cedeu o palco, os direitos administrativos, como o alvará, permissão que nós precisávamos, porque o Fórum da Música tem a tendência de seguir as regras para não incomodar ninguém, então a prefeitura cedeu um patrocínio em forma de estrutura, o restante dos patrocínios conseguimos com as iniciativas privadas, todos os eventos contamos com a sonorização, com palco e iluminação, e também com a parte administrativa jurídica, frente ao município “, explica Thiago Pável.

Em 2015, o API Rock Festival teve apenas dois dias de shows, com quatro bandas para cada dia. Foram duas bandas de Juiz de Fora, MG e seis bandas de São João Nepomuceno, MG. Esse ano, 2016, o evento teve sua segunda edição, contando com oito bandas locais (DELOREAN, WALKER, BÔNUS 99, MANTRA, BIG MONSTER BLUES BAND, PEDRA RELÓGIO, DOISÓ, BLAST) e uma de Viçosa , MG (DONA PEQUENA), com um dia a mais do que o ano passado, nos dias 21, 22, 23 de abril, no centro da cidade , na praça Coronel José Brás. Os organizadores prometem que em 2017, o API ROCK FESTIVAL terá sua terceira edição com muitas mais diversão e cultura.

Like what you read? Give Thais Moreira a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.