dia após

eu não vou olhar as fotos

por que mesmo que eu tirei tantas?

querendo registrar a eternidade,

agora me despedaço só por saber que elas existem por ai

numa nuvem tão azul quanto o meu coração.

choro por você,

rogo ao meu imaginário por um tempo.

não olhar pro lado para ser,

não esperar pelo outro para, assim, me tornar

Show your support

Clapping shows how much you appreciated thaís forte’s story.