Opinião: Batman vs Superman

Minha opinião sobre Batman vs Superman? É um filme de ação.

Não estava com expectativa para esse filme. Desde a escolha do Ben Afleck, toda a minha esperança para esse duelo acabou. E eu poderia falar horas porque o Ben Afleck não é uma boa escolha para o papel do Batman, mas isso é uma outra discussão.

Voltando ao filme, é bom. É muito bom no que se propõe a ser, apenas um filme de ação. E é esse ponto que me fez julgar apenas como um filme bom. Veja bem, deveria ser um filme sobre heróis e quadrinhos. O mais fascinante desse universo é o desenvolvimento da história. Coisa que esse filme não tem. Tirando todos os pows e bangs, é um filme sem uma construção de história.

Um problema grave, pra mim, é a motivação malígna do Batman. Olhando para os quadrinhos, ele é um detetive que caça os bandidos para entregrá-los a justiça. Mas no filme isso é esquecido, ele se torna um justiceiro que faz isso com as prórpias mãos. Detalhe, marcando os criminosos como gado. Sério? Esse não é o Batman! E quando ele resolve derrubar o Superman, é uma motivação que não me convenceu. Ele deseja por tudo destruir o “inimigo”. Se fosse o Batman de verdade, ele investigaria a vida e a motivação do Superman para então agir. E o que são os sonhos do Batman? Não, por favor! Só um modo de colocar ação desnecessária no filme. Não tem contexto, não tem objetivo, só ação.

E o que é o vilão? Esse Lex Luthor é ridículo! Colocaram em uma caixa Coringa, Duas Caras e Lex Luthor, misturaram e saiu essa coisa. Originalmente, ele é um vilão muito inteligente que manipula o mercado imobiliário para ter poder. Nesse filme fizeram um CEO hipster com problemas psicológicos. Por favor, não. Até o Lex Luthor de Smallville era melhor do que isso.

Porém… o filme não é de todo ruim, de jeito nenhum. Algumas cenas são fantásticas! Pra mim, não havia necessidade nenhuma de contar de novo como os Wayne morrem. Mas a cena é tão bonita, dramática e poética que valeu a pena. O colar da Martha se rompendo ao levar o tiro e as pérolas se espalhando, Thomas (o pai do Bruce) chamando a esposa uma última vez… a cena me emocionou.

E o duelo? Olha, que cena incrível! Tinha que ser. Afinal, era o momento mais esperado. Obviamente, o Superman começa destruindo. Cheguei até a me perguntar “o Batman achava mesmo que ele era páreo”. E aí… kryptonita! Melhor, fumaça de kryptonita. Daí o Batman arregaçou, dominou a luta e só deu ele. Então a cena homônima dos quadrinhos é reproduzida: Batman com o pé na garganta do Superman.

Pé na cara!

E como isso acaba? O nome da mãe em comum salva o Superman e eles se tornam melhores amigos de infância. Sério? Não né!

Uma das poucas coisas que estava esperançosa era a Mulher Maravilha e ela não deixou a desejar. Chegou na luta contra o Apocalipse mandando ver, salvou os rapazes de serem fritos e lutou com a faca nos dentes, ops, a espada na mão. Linda e empoderada, como uma super-heroína deve ser.

O desfecho com o Superman no caixão também não deu. Oi? Ninguém esperava que ele iria se recuperar? Ele é o Superman!

E o que esperar do próximo filme? Os Super Amigos!!! rsrsrs

Resumindo: é um bom filme de ação, mas um filme mediano de heróis.

Obs: Cristian Bale continua sendo o melhor Batman até hoje! O Ben Afleck como Batman é apenas aceitável.