Memorial Casa João Goulart

São Borja, ou também conhecida como Terra dos Presidentes. A cidade que guarda uma importante história do nosso país, conta atualmente com 5 museus, que tem o papel de ilustrar essa história para turistas e também moradores da cidade. Um desses museus, é o Memorial Casa João Goulart, localizada no centro da cidade, a casa, e hoje museu, pertenceu a família do ex-presidente do Brasil, João Goulart, popularmente conhecido como Jango, formado em direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi derrubado pelo golpe civil militar, e morreu durante seu exílio na Argentina em 1976. Tombada em 2004, como patrimônio histórico do Rio Grande do Sul, é um dos pontos turísticos da cidade.

Quem visita o local, consegue se aproximar de um tempo não tão distante de nós, a casa é composta por documentos e objetos do ex-presidente, o mobiliário original em seus respectivos ambientes, e também uma pequena loja de artesanato local. O memorial é ligado à secretaria de Cultura, Turismo e Eventos, que está anexada ao fundo da casa, promovendo projetos sociais, como o Música no Museu, que tem como objetivo principal utilizar o piano da casa como forma de interação com os visitantes, onde quem possui habilidades com o instrumento pode usufrui-lo. A historiadora, e coordenadora do museu, Jaqueline Cassafuz, comenta da importância do museu para a comunidade:

Muitos jovens não tem a dimensão e não conhecem a importância de um museu para a cidade, em São Borja esta realidade está se transformando aos poucos. O estudante de ciências humanas, Matheus Furtado, acredita que os museus para a cidade são de extrema importância pela questão de memória e patrimônio, pois os memoriais trazem para nós fragmentos do passado para entender hoje mais sobre a cultura e a história de São Borja. Já o cientista político Danilo Jovino, acredita que os museus devem ser um local de reflexão, como conta na entrevista a seguir:

O Memorial Casa João Goulart, conta com visitas da comunidade são-borjense, mas também de inúmeros turistas, trazendo ao povo mais sobre a cultura e nos deixando mais próximo de um momento importante do nosso país. O museu funciona de terça à sexta-feira das 9h às 17h e aos sábados das 9h às 12h. Confira a galeria de fotos do interior do museu:

Jornais e revistas encontrados na entrada do memorial. Foto: Thaisy Finamor
Capela localizada no interior da casa. Foto: Thaisy Finamor
Objetos e vestimentas do ex-presidente Jango. Foto: Thaisy Finamor
Piano sendo utilizado por visitante, atividade que faz parte do projeto Música no Museu. Foto: Thaisy Finamor
Escritório de Jango.
Like what you read? Give Thaisy Guarda Finamor a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.