12 maneiras de não ser um babaca no trânsito

Há mais ou menos 2 anos eu vendi meu carro para pagar meu intercâmbio para a Austrália ❤. Desde então, tenho dirigido MUITO menos. Sempre pego caronas e, vez ou outra, fico de motorista da vez em carros de amigos/namorado.

No banco do carona a gente consegue prestar muito mais atenção sobre como as pessoas são estranhas no trânsito. Tenho certeza que nenhuma auto escola se preocupa em ensinar etiqueta ao volante. Então, eu resolvi criar a minha lista de sugestões do que você pode fazer para eu (e o mundo) não te odiar quando estou dentro de um carro. :D

Você não está sozinho

Chocante, não? Pois é. As outras mil pessoas que estão na mesma via que você também têm vida, problemas e estão atrasadas. Não saia por aí dirigindo como se o seu carro fosse o único da EPTG. Dirigir não é jogar Daytona, o que você faz ao volante interfere na vida das pessoas.

Seta não é acessório

Colega, eu bem queria, mas eu não leio mentes. Eu, aqui do meu carrinho, não consigo saber se você vai ou não trocar de faixa. Nem eu, nem o pedestre atravessando a rua, nem o motociclista no corredor. Se você simplesmente entrar, a gente vai bater. Você não pagou a mais por essa linda alavanca do lado esquerdo do volante, pode usar, sem medo.

Dar seta não faz do seu carro intangível

Não é porque você ligou a seta que eu já vi. Que eu já consegui reduzir. Que dá para você entrar na minha frente. Se você já der seta entrando, adivinha? Sim, a gente vai bater. Tenha paciência, espere alguns segundos, que tudo se resolve.

Não acelere se o amiguinho der seta

Por favor? Nunca te pedi nada. Essa é fácil de lembrar, vai? Quando você dá seta, é porque quer/precisa entrar, certo? Adivinha só? Quando a outra pessoa faz isso ela também precisa. Então, por favorzinho, dê passagem.

Acredite na burrice alheia

Alguns chamam isso de direção defensiva. Não saia de um retorno acreditando que o cara vai reduzir, ele não vai; não continue acelerando porque acha que o cara não vai trocar de faixa — afinal ele não tá dando seta — porque ele vai entrar; não ache que a pessoa não vai frear no pardal, afinal ela está a 60km/h na EPTG, por que diabos ela frearia? Sim, as pessoas são burras… E quando for a hora, elas vão fazer merda. Esteja preparado.

Não seja burro

Sabe esses exemplos aí de cima? Pois é, não faça. :)

Não cole na bunda das pessoas

Migo, sério, melhore. POR QUÊ?! POR QUE vocês fazem isso?! Cara, além de não ser lá a atitude mais segura do mundo (afinal, eu posso precisar frear), é muito irritante. Quando alguém gruda na minha traseira a única vontade que eu tenho é enfiar o pé no freio para ver o infeliz se fuder. Não irrite as pessoas. Se você tá com pressa, saia mais cedo, ou troque de faixa.

Nem todo carro é potente igual ao seu, paciência

Às vezes, a pessoa só não consegue sair da sua frente porque o carro dela não vai. Seja empático. E, se você é o amigo do carro que não vai, não fica na faixa da esquerda não. Atrapalha a vida dos outros.

Larga o WhatsApp

Eu tenho certeza que você não é tão importante assim. As pessoas podem esperar você parar no semáforo ou chegar ao seu destino para responder a mensagem de que horas vocês vão sair hoje a noite. Ninguém vai morrer se esperar 20 minutos (eu acho).

Não seja o espertão

Você, que vai pelo acostamento até lá na frente e depois quer entrar na pista. Você, que faz fila dupla no retorno. Você que estaciona “rapidinho” atrás dos outros. Você, que estaciona em vaga de deficiente físico ou idoso. Você, que pega a faixa exclusiva e depois quer voltar para a normal para não tomar multa. A culpa de as pessoas odiarem dirigir é toda sua. Não “seje” essa pessoa.

Buzinar não faz os outros carros sumirem

Alguém já teve a bondade de te contar isso? Não? Poxa vida… E sério que você nunca percebeu que quando você buzina ABSOLUTAMENTE NADA muda? Pois é… Apenas não faça.

Respira, se acalma, pra que tanta pressa?

Eu tenho certeza que você pode chegar 2 minutos depois. Eu tenho certeza que deixar a pessoa entrar na sua frente não vai arruinar a sua honra. Eu tenho certeza que parar na faixa de pedestre não vai fazer você perder o emprego. É, eu tenho certeza de tudo isso.

A gente já vive em um mundo tao acelerado, que mal percebe que leva isso para o banco do carro com a gente. Por que não tentar respirar e fazer as coisas com calma?

Como diria minha mãe, devagar também é pressa. E eu, sem fazer merda, também vou chegar ao meu destino.

Tenha paciência ;)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.