WTF is BIRL?

Eu ia fazer um post falando sobre Go e como a sintaxe é meio “diferentona” e tudo mais, mas aí eu me deparei com isso aqui:

De onde veio essa coisa maravilhosa?

O BIRL é inspirado no ArnoldC, uma linguagem escrita em Scala e que utiliza frases icônicas de filmes do Arnold Schuazzaeerernasdger como comandos. Coisas como “printf”, “if/else”, “for” e tudo mais, são substituídas por “HASTA LA VISTA, BABY”, “TALK TO THE HAND”, entre outros.

Os comandos de 37 anos de BIRL

Provavelmente os caras que criaram os comandos dessa linguagem são editores da desciclopédia porque, chessus, ô criatividade (sério uhahauauhauha quase morri lendo).

Você pode criar condições (if) usando “ELE QUE A GENTE QUER?”, mostrar strings na tela usando “CE QUER VER ESSA PORRA?”, fora outras coisas. Inclusive, para iniciar o código, ao melhor (ou pior, sei lá) estilo Pascal, você coloca “HORA DO SHOW”. Para terminar, “BIRL”.

Brasileiro realmente tem que ser estudado.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.