Primeiro post.

Olá, tudo bem?

Eu simpatizei demais com o formato do médium. Conheci por acaso, acho que a primeira vez que entrei aqui foi para ler um desabafo de uma moça de cujo blog ela participa eu leio. Achei legal, parece uma biblioteca de diários. Depois caí de novo por causa de links em textos perdidos pela internet. Aqui você pode falar sobre tudo e tem um formato clean. Eu costumo escrever para mim mesma, falar sobre meus grilos. Solto as idéias erradas e malucas que formo sobre as coisas da vida e vejo que depois que escrevo, a ansiedade passa, que as idéias são meio extremas, e que o melhor mesmo é ficar de boa hahahaha. Escrever sobre os meus grilos me deixa muito, mas muito tranquila depois. De uns tempos para cá, faz um ano e meio, eu comecei a ouvir uns áudios de relaxamento (do tipo “feche os olhos, imagine-se em um campo verde…”) e, junto com a escrita, me sinto uma pessoa tãããão mais relax. Mas eu sempre escrevi coisas muito pessoais, e nunca quis publicar nada. Tipo, tenho vontade de falar sobre outros assuntos, além de mim mesma, sabe. E eu gosto muito de relações humanas, mas gostar de relações humanas e não ter muito embasamento filosófico e científico acaba virando tricotagem de véia fofoqueira. Eu, quando não estou pensando em mim, estou traçando perfis psicológicos das pessoas. Eu vejo os defeitos das pessoas e tento arrumar explicações psicológicas/psiquiátricas/antropológicas a meu gosto. Confesso que sou extremamente piedosa, pois sempre concluo que a pessoa tem esse terrível mau hábito ou mau gênio por falta de informação, de carinho, de abraço. E quando eu chego a esse diagnóstico em uma conversa com alguém menos tolerante, meu interlocutor sempre me acha “boazinha” demais hahahaha. De todo jeito, faz tempo que eu quero parar de falar e escrever somente sobre mim e sobre as pessoas. Quero falar sobre aquilo de que gosto, nem que seja sobre as pessoas mesmo, mas com mais autoridade, com menos achismo, menos opiniões enviesadas, sei lá. Acho que foi para isso que criei esse médium. Indo direto ao ponto, sobre o que eu gostaria de falar aqui? Brainstorming:

1. Música. Não sou especialista, mas acho que posso dar uns pitacos sobre o hit parade atual kkkkkkkkkk será??

2. Mundo das redes sociais. Nossa, sou cheia de análises. Acabarei sendo muito pessoal.

3. A importância de ser boa. Palavra de quem já foi menos de boa. Acabarei sendo muito pessoal.

4. Ser mulher, e como a onda feminista e de body positive veio para o bem. Acabarei sendo muito pessoal.

5. Sobre como o Brasil é um país desigual

6. O amor. — Acabarei sendo muito pessoal.

7. Os ideais de vida, de sucesso, de felicidade. Acabarei sendo muito pessoal.

8. Saber o que quer da vida. Acabarei sendo muito pessoal.

9. Passeios culturais

10. Viagem

11. Livros

12. KkkkkkkkkK PRECISO ARRUMAR ASSUNTOS MENOS PESSOAIS SOCORRO!!

Adicionei o “Acabarei sendo muito pessoal” depois de fazer a lista

Tá vendo, minha temática sempre desagua em assuntos pessoais. Sobre o que eu gosto de falar que não é sobre os outros ou sobre questões existenciais contemporâneas? QUE COISA!! Ai céus.

Acho que vou falar sobre como os canais do youtube são maravilhosos. É um bom tema. Sei lá. Tá bom por agora.

���&:=

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Amaralayna’s story.