Ando meio pelos cantos.
Marilia Mendonça
32511

Me imaginei com um fone de ouvido nas mãos, aquele fone que a gente costuma jogar de qualquer jeito no fundo da bolsa. E quando pegamos esta completamente emaranhado e não sabemos por onde começar a desenrolar. Assim é a vida, comparando com o fone de ouvido, precisamos saber qual ponta puxar para assim desatar todos os outros nós.

Como é bom poder te ler aqui ❤

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.