O melhor da internet é a humanidade

Não me canso de falar pra todo mundo o quanto sou apaixonada pela web e por todas as portas que se abriram desde a sua criação. Através de qualquer computador ou dispositivo móvel com Wi-Fi ou redes móveis, posso ler livros, assistir filmes e me conectar com qualquer uma das 4 milhões de pessoas, de qualquer lugar do mundo, que tem acesso a internet.

Há anos, acompanho blogs de pessoas com as quais nunca conversei e que nem sequer sabem da minha existência, mas que me inspiram todos os dias a me tornar uma melhor versão de mim mesma; seres humanos que, sem perceber, mudaram a minha vida e minha visão de mundo com suas histórias. Sem falar nos tutoriais!

A melhor parte da internet são os seres humanos, aqueles que não se esquecem da sua humanidade quando ligam seus computadores, aqueles que sabem que suas atitudes sempre tem consequências, tanto na vida online e quanto na offline.

Hoje mesmo, estava no meu feed de notícias do Facebook e vi um meme que dizia como é horrível quando as capas dos seus livros favoritos são trocadas por imagens dos filmes que foram inspirados neles. Ao reagir ao post, li o primeiro comentário:

“Mas, se as capas com os personagens dos filmes atraem mais leitores, todos nós não ganhamos com isso? Assim teremos mais pessoas com quem conversar sobre os nossos livros favoritos!“

Curti o comentário e respondi:

“Eu nunca tinha pensado nisso antes! Que lindo! Muito obrigada!”

E, assim, uma pessoa de outro país tornou meu dia um pouco melhor e minha vida menos rabugenta.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Thayná Coelho’s story.