Sobre mudanças…

Sabia que ali não era onde queria estar, “Meu lugar é o mundo” dizia a si mesma todos os dias ao acordar e ter que viver aquela mesma rotina onde nada acontece. Precisava de algo novo. Uma paixão que fizesse o coração disparar, uma festa para ter novas histórias, conhecer uma nova cidade e se apaixonar por ela, precisava nem que fosse de uma ligação inesperada que a tirasse da rotina monótona e entediante.

Então decidiu que deveria mudar mas mudar pra onde? Pro mundo, que era seu lugar.

Like what you read? Give Thayná Lomba a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.