melancolia

sabe, você me magoou, me magoou tanto que conseguiu com que eu não sentisse mais atração por ninguém! magoou-me tanto, que me fez jurar que nunca mais iria me apaixonar novamente. mas sabe também, eu não te culpo, afinal, a tola foi eu, eu quem não deveria ter sido ingênua pela segunda vez e acreditado que tudo seria diferente. mas agora chega, você abriu uma ferida incurável, da qual deixará vestígios assim como uma doença maligna. conhece aquele ditado que diz “as aparências enganam”? parabéns! você me fez acreditar que é verdade; primeiro, se tornou perfeito aos meus olhos, depois, pra variar, você me provou o contrário, mostrou que era igual ou até mesmo pior que os outros. você me consumiu. consumiu-me tanto, que agora estou assim, morta para assuntos que envolvam sentimentos afetivos. você me fez fria, e por isso, ao menos, posso te agradecer. não vou ser hipócrita e ousar dizer que você só me fez mal, isso seria balela. você me ensinou muitas coisas, me fez vê-las diferente, de uma maneira melhor. mas sendo sincera, o que mais entristece, é pensar que todas aquelas promessas que você fez não se cumprirão, não comigo. eu realmente queria que desse certo e que nossa história rendesse mais que um poema dramático e um coração partido. sério, eu apostei todas as minhas fichas e as minhas orações na gente, porque eu gostava de ti, tão quanto eu gostava de mim. mas você me decepcionou, eu me decepcionei. hoje, apenas me sufoco e me torturo com meus pensamentos.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated thays’s story.