A dor é inevitável, a saudade é sufocante.

Minha vózinha ❤

Hoje eu dei o último adeus para a minha avó. Uma mulher que viveu de forma alegre em meio as batalhas de sua saúde.

Eu nunca achei que minha vovó um dia pudesse morrer. É claro que eu sei que do pó viemos e para o pó voltaremos, mas eu sempre acreditei que, especialmente ela, nunca iria morrer. Na verdade, eu sempre tive claro em minha mente que eu tinha muito mais chances de morrer do que ela. Pois sempre que algo ocorria de problema com a saúde dela, logo logo ela voltava mais forte, apesar dos apesares. Então eu me acostumei a sempre esperar por sua melhora independente do problema. Dessa vez ela não melhorou.

Ela passou por muitas dificuldades na vida: queimaduras, problemas vasculares, perda de movimentos nos membros… Mas sempre foi uma mulher lúcida, nunca perdeu a razão e foi assim até o seu último suspiro.

Obrigado por tudo. Por todos os seus ensinamentos, por todas as palavras de amor e carinho que sempre me deu assim que eu chegava à sua cabeceira, por todas as orações que fez por mim, por sempre me acolher de braços abertos, obrigado até por dizer na frente de todas as outras tias, que eu era o neto preferido. Isso é algo inestimável.

E me desculpe. Me desculpe se eu te faltei com respeito algum dia. Me desculpe se eu te tratei mal alguma vez, com atos ou palavras. Me desculpe.

Sempre que eu chegava com refrigerante você pedia um pouco. Agora eu não quero mais comprar refrigerante. Sempre que tinha uma coceirinha incomodando, eu ia coçar suas costas; agora não mais.

Sei que agora a sua missão está completa. Educar 6 filhos e mais tantos netos não é só uma herança, é um legado. Um legado que vou levar adiante para meus filhos. Sei também que você agora está descansando, em paz, como eu sempre quis pra você.

Os meus aniversários já não fazem mais sentido se não for na sua casa, os natais perdem o brilho e o ano-novo é apenas um dia comum.

A dor é inevitável e a saudade é sufocante, mas eu vou fazer de tudo, até o impossível para cumprir aquele pedido que você me fez.

Eu te amo muito, Dona Raimunda, onde quer que esteja, saiba que eu vou te deixar orgulhosa.

Um vazio se abre no meu peito, um espaço agora está preenchido no céu. Espero que um dia eu possa me encontrar de novo com você, é tudo o que eu mais quero.