Essa pica também é minha!
Eden Wiedemann
3K39

A falta de responsabilização é um problema muito recorrente no Brasil. Quando as pessoas rejeitam a pica, acaba sobrando para meia dúzia apenas. Muitas vezes é sempre a mesma meia dúzia, e logo essa maia dúzia se cansa e junta-se ao coro.

Uma coisa que é comum é que as pessoas vêm a empresa ou o chefe como alguém que tira vantagem deles. Muitas vezes é mesmo. Tá cheio de empresa que esquece que o vínculo empregatício é uma relação de entrega e recebimento e querem o sangue do funcionário sem a devida contrapartida. Acaba que essa coisa de encostar na parede pra não receber a pica porque essa pica não fará ele ir pra frente. O que as empresas fazem? Contratam palestras motivacionais com pessoas tentando dizer que o certo é fazer tudo com perfeição e seu melhor possível que só assim a gente cresce na vida. Aí no RH contratam pessoas que dizem que seu maior defeito é ser perfeccionista demais. Fica um lado mentindo pro outro e ninguém entrega o que foi prometido. A coisa se complica hoje quando já não existe aquela ideia de passar 20 anos numa mesma empresa.

Outro dia comentam comigo sobre o processo de contratação do Nubank, e sobre como, independente da sua área, você passa algumas semanas no atendimento ao público, pois este seria o ponto alto da entrega deles. Isso te insere na cultura da empresa, te faz notar que algo importante está sendo feito e te coloca como protagonista da construção de algo.

Richard Morse, pesquisador americano sobre América Latina, diz sobre o efeito do nosso comportamento refletido na fala, onde separamos significado de significante (“Preciso que me faça um jogo tipo aquele Journey/A reunião começa tipo umas 10h”) e não contém ação concreta (“Quem pode responder isso?/Quem pode fazer essa pesquisa?”), no lugar de ir lá e delegar ou haver espaço verdadeiro para a pessoa se auto delegar deixando claro estratégias e motivos. A relação de trabalho aqui é sempre micro só pra deixar claro que o funcionário não faz parte do todo e nem receberá pelo todo.