O dia em que tive a minha Crise Existencial

A tempos atrás, passei pela famosa crise existencial, deixa eu te contar...

Eu lembro que foi um período em que nada fazia sentido em minha vida, ansiava ter as resposta dos “porquês” e não aceitava nenhuma resposta superficial sobre qualquer coisa que estivesse relacionado a palavra “ VIDA”.

Eu tinha um rombo sem fim dentro da minha alma, um forte sentimento de vazio, abandono, como se no quebra-cabeça faltasse a peça trivial para concluir o jogo.

Eu via as pessoas indo e vindo nas ruas frenéticas de São Paulo, em seus afazeres, responsabilidades, compromissos e etc.

Tinha vontade de para-las e fazer uma única pergunta:_ Tudo isso que você esta fazendo hoje, tem algum sentido?

Eu me colocava em diversas situações imaginando que talvez o fato de eu estar passando por aquilo, era porque não tinha a vida perfeita.

Então me imaginei como sendo um homem rico, é obvio que não vejo isso como um padrão de vida perfeita, faz parte, mas a felicidade está muito além do material, porém, é algo que talvez todo mundo já parou para imaginar.

E aí na minha imagem me via não tendo problemas com a quantidade de dinheiro na conta bancária, fazendo viagens, emprego dos sonhos /MEGA SENA (haha), casa própria e etc.

Lembrei que este vislumbre não tinha coerência uma vez, que tantas pessoas de alto padrão e inclusive famosas, tiravam suas próprias vidas, sendo assim não era tudo.

A pergunta ainda martelava em minha mente.

Confesso que não via perspectiva nenhuma em viver, pois me recusava a aceitar que eu era somente uma plantinha, que nasce, cresce, se desenvolve e morre.

Se isso fosse verdade, seria melhor sentar e esperar que a vida passasse, afinal o fim de tudo isso eu já sabia mesmo.

Foi então que algo surgiu dentro de mim, hoje entendo que era Ele me chamando para aflorar e viver algo que era desconhecido para mim até então.

A Primeira Parte do meu plano foi experimentar.

Aquele homem sobre o púlpito falava diversas coisas que pareciam vir direto para mim, mas como ele sabia dessas coisas, se eu nunca havia contado pra ninguém? Só pode ser brincadeira né!?

A Segunda Parte foi entender.

Sabe aquele livro que fica aberto no salmo 23 em cima da estante, que chega a ficar com as paginas empoeiradas e coladas?

Lá eu comecei a enxergar um novo caminho, as escamas caíram dos meus olhos … A cada página eu me revoltava comigo mesmo, em pensar quantas vezes julguei e até desprezei esse cara que só falava do amor, não apontava meus erros, pelo contrario me perdoava.

Fiquei em choque quando li, que o mesmo havia morrido por mim… Minha mente racional chegou a dizer que eram invenções escritas pelos homens, mas até hoje não existiu um livro tão influente, traduzido no mundo todo e que circula a mais de 2mil anos.

Meus olhos se encheram de esperança quando li: João 14:1- 6.

Não fiquem aflitos.

Creiam em Deus e creiam também em mim.

Na casa do meu Pai há muitos quartos, e eu vou preparar um lugar para vocês.

Se não fosse assim, eu já lhes teria dito.

E, depois que eu for e preparar um lugar para vocês, voltarei e os levarei comigo para que onde eu estiver vocês estejam também.

E vocês conhecem o caminho para o lugar aonde eu vou.

Então Tomé perguntou:

— Senhor, nós não sabemos aonde é que o senhor vai. Como podemos saber o caminho?

Jesus respondeu:

— Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim.

Agora que vocês me conhecem, conhecerão também o meu Pai.

Meus “porquês” foram respondidos na hora! Ou seja havia muito mais do que “nascer, crescer, se desenvolver e morrer”.

Aquele vazio que me consumia se transformou em uma chama viva de esperança em meu peito, minha vontade era de contar isso pra todo mundo, e hoje estou tendo essa oportunidade.

A Terceira e última parte foi conhecê-lo.

Ouvi diversas vezes que Deus falava, e pra mim isso era loucura, é claro!

Na minha doce ignorância, espremi do amargo e reconheci que tudo era pré-conceito.

Deus fala sim, através das escrituras sagradas, textos , circunstâncias, pessoas, audivelmente, visões, entre outros meios, falo isso porque ele é tão criativo que se revelará a cada pessoa de maneira pessoal, fantástico né?.

Nessa caminhada com Ele, não precisei ser outra pessoa, me privar de todas as coisas, vida social e etc, porque as pequenas mudanças que ocorrem é consequência desse relacionamento simples e sincero.

Hoje posso dizer que esta lacuna que faltava ser preenchida está transbordando, e tudo faz sentido agora, vivo para conquistar coisas terrenas SIM, pois ninguém vive de vento, e tudo que ele criou foi para desfrutarmos e fazermos bom uso.

Mas, o importante é que hoje eu sei que tudo não terminará aqui.

O intuito desse relato pessoal é para te dizer que, se você leu este texto Deus já esta falando com você, basta somente reconhecer seu papel de filho, abra seu coração para usufruir desse amor que é direito seu!

O criador é REAL, e sem sombras de dúvidas se você lhe perguntar ele vai te responder. ( chega junto )

Lucas 11: 20:21

20Escutem! Eu estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, eu entrarei na sua casa, e nós jantaremos juntos.

21 “Aos que conseguirem a vitória eu darei o direito de se sentarem ao lado do meu trono, assim como eu consegui a vitória e agora estou sentado ao lado do trono do meu Pai.

QUE LOUCO! ❤