Aleppo, uma cidade da Síria, está sofrendo com uma das maiores barbaridades do homem. Os moradores de lá estão solicitando permissão aos religiosos para que pais possam matar as respectivas mulheres da família, como esposas, irmãs, filhas, para evitar o estupro das mesmas, já que o regime de Bashar al-Assad e uma porção de desumanos estão tornando essa prática rotineira e numerosa. Até onde chega a atrocidade humana? Pra alcançar um pedido extremo como este, o que essas mulheres passam neste ambiente? Uma notícia como esta me faz refletir em todos os problemas envolvendo a cultura do estupro que as mulheres do meu convívio relatam. A Síria chegou em um ponto extremo deste assunto, mas isso é mais normal do que se possa imaginar. Sou homem, não sou e não posso ser militante deste assunto, já que só as mulheres sabem realmente o drama disso, mas consigo me colocar no lugar de todas que sofrem com esse medo constante, devastador e inescrupuloso. Aqui tem cidadão que respeita todo este trabalho consciente, e claro, extremamente humano, contra esta prática destruidora.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Thiago Borrere Alvim’s story.