This story is unavailable.

Passei exatamente pelo mesmo processo, principalmente de 2012 pra cá, com relação a ateísmo, feminismo, racismo, homofobia e outras coisas mais. Na minha experiência de vida, curta e bem limitada, ninguém nunca convence ninguém, o máximo que realmente podemos fazer é mostrar como e por que chegamos às convicções que temos hoje.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.