Reencarnação

Uma explicação sobre por que devemos reencarnar e para o propósito final em que nos dirigimos.

A Doutrina do Espiritismo sustenta que o objetivo de Deus para nós e para todos os seus filhos, que a verdade é que se tornam espíritos puros. Cada um de nós, por meio de nossos próprios esforços, avança lentamente para a perfeição de Deus. Nunca alcançaremos o objetivo da perfeição absoluta, mas devemos chegar o mais próximo possível do amor puro e da harmonia dentro do universo. Todos somos espíritos imortais; Portanto, temos até o fim do tempo para a nossa jornada.

Um espírito puro é aquele que realmente nos ama com toda a sua fibra, que entende as provações de humanidade que devemos suportar, nossas falhas, nossas fraquezas, nossos pequenos ciúmes, ainda assim ainda nos sorrimos radiantemente, sabendo que um dia nos tornaremos totalmente integrados no universo amoroso e tome nossos lugares como uma força para o bem.

Como nos tornamos puros?

Para ascender, devemos aceitar a tarefa de renascer em um corpo físico. Há lições que só podem ser aprendidas através de uma existência corporal. Mas por que precisamos reencarnar várias vezes?

A Necessidade de Vidas Múltiplas

Várias vidas são necessárias, porque uma vida não fornece as lições necessárias para ascender. O espírito Andre Luiz, que escreveu muitos livros, que foram psicografados por Francisco C. Xavier, aprofunda muitos aspectos do domínio espiritual. Em um livro, ele explora a necessidade de renascermos uma e outra vez. Andre Luiz foi designado para um grupo de espíritos que ajudou as pessoas a deixar sua vida terrena no livro Trabalhadores da Vida Eterna, onde passou por inúmeras experiências nas cabeceiras das pessoas e testemunhou os dramas que giravam ao seu redor. Ele pesa as cenas frequentes e histórias de pessoas que lutam para partir e chegam à conclusão:

" Estudar casos de morte enriqueceu meus conhecimentos no campo da ciência mental. O espírito (eternamente em essência) faz uso da matéria (transitória em suas associações) como material didático que evolui cada vez mais no curso de experiência sem fim do espírito para a integração dentro da Divindade Suprema ".

O que Andre quer dizer com material didático neste caso? Uma das definições da didática é "Ensinar ou pretender ensinar uma lição moral". Portanto, enquanto continuamos aprendendo no espírito, lendo mentalmente o mundo e viajamos através de vários ensaios físicos na Terra, acumulamos lições morais que, por sua vez, influenciam nosso corpo físico e a estrutura do nosso cérebro, à medida que nos renascemos. Não só o nosso ser intelectual como o espiritual é importante, mas a maquiagem física da nossa forma humana é vital para o nosso envolvimento em nosso planeta e para nossa eventual elevação como espíritos.

Paz Profunda

🙇